Desporto

Ronaldo e Mourinho nomeados para melhores das últimas duas décadas

Ronaldo e Mourinho nomeados para melhores das últimas duas décadas

Os portugueses Cristiano Ronaldo e José Mourinho surgem entre os nomeados para os prémios de melhor futebolista e melhor treinador das últimas duas décadas da Liga inglesa, cujos galardões vão ser entregues a 15 de maio.

O avançado português, de 27 anos, é um dos candidatos ao título de melhor jogador, juntamente com Dennis Bergkamp, Eric Cantona, Ryan Giggs, Thierry Henry, Roy Keane, Paulo Scholes, Alan Shearer, Patrick Vieira e Gianfranco Zola, disputa um lugar entre o "onze" ideal das últimas duas décadas e pode ainda ser reconhecido por ter integrado a equipa do Manchester United de 2007/08.

Essa "versão" dos "red devils" discute a eleição, a cargo de um painel formado por personalidades do futebol, jornalistas e comentadores, com a equipa do Chelsea de 2004/05, liderada por José Mourinho, mas também a do Blackburn Rovers de 1994/95, o Manchester United de 1998/99 e o Arsenal de 2003/04.

Com apenas quatro épocas em Inglaterra, Mourinho, que agora comanda Ronaldo no Real Madrid, concorre ao galardão de melhor treinador frente a Alex Ferguson, totalista nas 20 edições da competição, Arsène Wenger e aos "históricos" David Moyes e Harry Redknapp, apesar de os dois últimos nunca terem vencido a prova.

O treinador português está também nomeado como autor de uma das cinco melhores frases dos últimos 20 anos, quando se apresentou como treinador do Chelsea, logo após ter conquistado a Liga dos Campeões pelo FC Porto e que lhe valeu a alcunha de "special one".

"Por favor, não me chamem arrogante porque o que eu estou a dizer é verdade. Eu sou campeão europeu, não sou apenas mais um. Eu penso que sou especial", referiu Mourinho, em 2004, cuja expressão compete agora com as afirmações de Eric Cantona, Alan Hansen, Kevin Keegan e Alex Ferguson.

Os dois "merengues" podem ainda ser distinguidos "indiretamente" na eleição da melhor temporada, para as quais as de 2004/05, época do fim do jejum de títulos do Chelsea, e 2007/08, marcada pelo triunfo do Manchester United e a prestação de Ronaldo, eleito jogador do ano por jogadores e jornalistas e vencedor da Bota de Ouro.

Cabe aos visitantes da página oficial da Liga inglesa na Internet elegerem o melhor golo, jogo, defesa e festejo, entre 10 candidatos a cada categoria, assim como o "onze" ideal, enquanto os prémios para melhores jogador, treinador, época e frase serão escolhidos pelo painel de "especialistas".