Desporto

Ronaldo marca ao Atlético e coloca "Barça" com seis pontos de avanço

Ronaldo marca ao Atlético e coloca "Barça" com seis pontos de avanço

O português Cristiano Ronaldo foi este sábado decisivo no triunfo caseiro do Real Madrid sobre o Atlético de Madrid (2-0), que deixou o líder FC Barcelona com seis pontos de vantagem sobre o segundo classificado, após 14 jornadas.

O internacional luso marcou o seu primeiro golo de livre direto na presente temporada, aos 16 minutos, e assistiu o alemão Mesut Özil para o segundo, aos 66, num jogo em que atirou ainda duas bolas aos "ferros", aos 75 e 78.

Cristiano Ronaldo, que passou a somar 13 tentos na prova, acabou por permitir ao "Barça" ganhar seis pontos de vantagem sobre os "colchoneros", que sofreram apenas a segunda derrota na prova, depois de terem perdido em Valência.

Por seu lado, o "onze" de José Mourimho manteve-se a 11 pontos do FC Barcelona, que selou hoje o melhor início de sempre na Liga espanhola, ao somar, face ao Athletic (5-1), o 13.º triunfo (mais um empate, na receção aos "merengues"), em 14 jogos.

O argentino Lionel Messi foi, para não variar, a figura dos "catalães", ao selar o oitavo "bis" na prova - aos quais acrescenta um "hat-trick" -, para um total de 21 golos, a caminho, quem sabe, de bater o recorde de 50 estabelecidos em 2011/2012.

Em vésperas de receber o Benfica, para a sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o "onze" de Tito Vilanova começou a ganhar com um golo de Gerard Piqué, aos 22 minutos, para, aos 25, Xavi isolar Messi, que fez uma "chapéu" a Iraizoz e aumentou a vantagem, com Amorebieta ainda a tocar na bola.

Já nos descontos da primeira parte, e na sequência de uma jogada fantástica, o brasileiro Adriano apontou o terceiro, assistido por Cesc, que havia sido servido anteriormente por Messi.

PUB

Na segunda parte, aos 57 minutos, Cesc, após um grande passe de Iniesta, apontou o quarto, com o Athletic a chegar ao golo de honra aos 65, por Ibai Gomez.

Aos 70 minutos, Messi "bisou", com um forte remate de pé direito, apontando o seu 21.º golo na prova (mais oito do que Cristiano Ronaldo) e o 84.º em 2012, apenas a um do recorde do alemão Gerd Müller (85 em 1972).

Nos outros encontros hoje realizados, destaque para a Real Sociedad, que goleou fora o Valência por 5-2, com golos de Alberto De La Bella (44 minutos), Mikel González (57), Diego Ifran (64), Imanol Agirretxe (83) e Carlos Vela (90+1).

Por seu lado, Roberto Soldado apontou, aos 02 e 73 minutos, os dois tentos dos locais, que contaram no "onze" com João Pereira (substituído aos 76 minutos) e Ricardo Costa. O desaire acabou por custar o lugar ao treinador argentino Mauricio Pellegrini.

No primeiro jogo do dia, o Getafe recebeu e bateu o Málaga, com Eliseu os 90 minutos e Duda no banco, por 1-0, graças a um golo de Lopo, aos 57 minutos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG