Cristiano Ronaldo

Ronaldo provocado à chegada ao estágio em Guimarães

Ronaldo provocado à chegada ao estágio em Guimarães

Começou da pior forma o estágio de Cristiano Ronaldo, na seleção portuguesa, tendo em vista o jogo de preparação com o Equador, marcado para quarta-feira (20.45 horas, RTP), em Guimarães.

À chegada à Pousada Santa Marinha, em Guimarães, pouco depois das 19 horas, o capitão da equipa das quinas ainda deu dois autógrafos, mas, como já estava atrasado, acabou por não corresponder ao apelo de mais um jovem adepto, que, insatisfeito com a recusa do craque do Real Madrid, começou a gritar por Messi.

À entrada da unidade hoteleira, e quando passava pelos jornalistas, o futebolista, que amanhã completa 28 anos, não conseguiu conter o desagrado pelo ocorrido e desabafou: "Ai meu Deus! Que tristeza!".

Depois, já no interior da Pousada, quando foi recebido por alguns responsáveis da Federação, acrescentou: "Já levei com bocas. Cheguei aqui e já estou a ser provocado".

Alguns minutos depois, falou aos jornalistas e desvalorizou o sucedido. "Foi apenas um comentário. São situações que se passam em todas as partes do Mundo. É preciso saber viver com isso", afirmou o capitão das quinas, lembrando que já representa a seleção "há dez anos e sempre com orgulho".

O jogador abordou, ainda, a sua situação física: "Não estou a cem por cento. Há alguma sobrecarga, mas isso não afetará a minha disponibilidade para este jogo".