Sporting

"Rookie" Amorim já supera os treinadores campeões

"Rookie" Amorim já supera os treinadores campeões

Adeptos aplaudem Rúben, mas são cautelosos quanto ao regresso ao título. Certo é que o técnico leonino vê Sérgio Conceição e Jesus pelo retrovisor.

Ao fim de seis jornadas, os leões são a única equipa sem derrotas na Liga e lideram isolados a tabela classificativa, algo que não acontecia desde a quarta ronda da edição 2016/17 da prova. Ouvidos pelo JN, alguns conhecidos adeptos do Sporting aplaudem o trabalho desenvolvido por Rúben Amorim no comando técnico, mas mostram-se cautelosos quanto à possibilidade de a equipa interromper, esta época, o jejum de 18 temporadas sem conquistar o principal título do futebol português. Certo, para já, é que, na Liga, o "rookie" Rúben Amorim já só vê os treinadores campeões, Jorge Jesus e Sérgio Conceição, pelo retrovisor.

Dos chamados três grandes, o Sporting foi o único que avançou para 2020/21 com um treinador que nunca foi campeão nacional nesse cargo. Rúben Amorim, de resto, só tem 26 jogos no campeonato, divididos por S. C. Braga (nove) e Sporting (17). No total, são 19 vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas para um total de 62 pontos. E estes são números que superam os que Jorge Jesus e Sérgio Conceição atingiram nos últimos 26 jogos que disputaram na Liga.

Os do treinador do F. C. Porto foram todos realizados pelos dragões e no mesmo período de tempo do "reinado" de Rúben Amorim. O atual treinador campeão nacional, contudo, apenas conseguiu atingir os 57 pontos, fruto de 18 vitórias, três empates e cinco derrotas. O parcial de Jorge Jesus é exatamente igual ao do treinador portista e abaixo do de Rúben Amorim, sendo que os últimos 26 duelos do técnico na Liga estão divididos por Benfica (seis) e Sporting (20), neste caso em 2017/18 e antes de se aventurar no estrangeiro.

Voltando a Rúben Amorim, o excelente trabalho desenvolvido na Liga tem repercussão em outra prova interna, a Taça da Liga, onde dirigiu o S. C. Braga em dois jogos, somando duas vitórias e o único título que consta no currículo de treinador. A Taça de Portugal nunca disputou nestas funções. Pior é o registo do técnico em jogos da UEFA, onde leva três derrotas em outras tantas partidas. Esta época não poderá melhorar essa performance, mas tem mais folga do que os rivais para atacar o campeonato.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG