O Jogo ao Vivo

Futebol

Ruben Amorim e a Superliga: "São clubes que querem tudo para eles"

Ruben Amorim e a Superliga: "São clubes que querem tudo para eles"

Em antevisão ao jogo com o Belenenses SAD, o treinador do Sporting afirmou, esta terça-feira, esperar um jogo "difícil", dado que as equipas precisam cada vez mais de pontos, e criticou a criação da Superliga.

Esta quarta-feira (21.15 horas), os leões recebem os "azuis" para a 28.ª jornada da Liga, equipa que venceram (2-1) no Jamor na primeira volta. Sobre o duelo, Ruben Amorim garantiu um Sporting "muito melhor" e disse esperar um jogo difícil, dado que o final do campeonato está cada vez mais perto do fim e as equipas precisam mais de pontos.

"Nós queremos somar mais três pontos, independentemente da nossa pontuação atual. No jogo da primeira volta, o Belenenses SAD esteve melhor, o Petit preparou melhor o jogo. Mas também é verdade que hoje somos muito mais equipa. Falamos de uma equipa que joga no mesmo sistema do que nós, mas queremos ter mais intensidade do que tivemos no jogo da primeira volta. Ainda temos muito a crescer e por isso amanhã [quarta-feira] queremos jogar bem e ganhar"", começou por dizer o técnico, salientando que a relação com o primeiro lugar está "cada vez mais difícil".

"Todas as equipas precisam de pontos para atingir os objetivos. Nós só queremos ganhar o próximo jogo e só somos candidatos se ganharmos o próximo jogo. Jogámos frente ao penúltimo classificado e o jogo foi muito difícil. Contra o Belenenses SAD esperamos a mesma dificuldade".

Sobre a criação da Superliga, Ruben Amorim foi bastante crítico. O treinador do Sporting espera que a competição "não vá para a frente" e sublinhou que o desejos dos doze clubes é o "reflexo da sociedade".

"Acho que toda a gente no mundo do futebol já disse o que devia dizer. A Superliga não faz muito sentido, mas é o caminho que a sociedade e o mundo estão a levar. Há um grupo restrito de clubes que quer ficar com tudo para eles. É o reflexo da nossa sociedade. A prova não é um dado adquirido. Foi apresentada, mas acho que as pessoas vão ter o bom senso de voltar atrás. Está tudo relacionado com dinheiro", vincou.

PUB

Questionado se treinaria um clube que fosse impedido de jogar a Liga dos Campeões por participar na Superliga, o técnico foi categórico: "Tanto posso ir para um grande clube europeu como voltar ao Casa Pia se os resultados não aparecerem. E para isso, temos de vencer o Belenenses SAD e os próximos jogos. Tudo depende do próximo jogo. Sou feliz aqui, sempre o disse, e não passa mais nada pela cabeça", concluiu.

O Sporting defronta, esta quarta-feira, em Alvalade, o Belenenses SAD na 28.ª jornada da liga portuguesa. O pontapé de saída está marcado para as 21.15 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG