Sporting

Ruben Amorim: "O que me custa é deixar alguns de fora quando trabalham tão bem quanto outros"

Ruben Amorim: "O que me custa é deixar alguns de fora quando trabalham tão bem quanto outros"

Na antevisão ao encontro entre Sporting e Belenenses SAD, amanhã às 20.30 horas, em Alvalade, Ruben Amorim ressalvou que é "bom poder contar com o plantel na sua totalidade" e que é difícil ter de deixar jogadores de fora da convocatória.

"A semana é determinante. Os que se apresentarem melhor, jogam. O que mais me custa é deixar alguns de fora quando trabalham tão bem quanto outros, mas, por vezes, depende das características dos jogos. A gestão do balneário é fácil porque todos trabalham muito bem", afirmou o técnico.

Sendo o encontro com a equipa de Petit um embate tradicionalmente difícil, o treinador leonino salienta que o Sporting terá de se apresentar na melhor forma para poder passar este duro teste. "O facto de ter todo o grupo disponível aumenta a intensidade e a qualidade dos treinos, a competição é muito saudável e vai aumentar qualidade do jogo. Quanto ao Belenenses, conhecemos bem, mudou um pouco este ano, joga mais em 3x5x2, tem um avançado muito alto e forte no espaço, o Ndour e o Cassierra continua muito forte entre linhas, enquanto o Afonso Sousa baixou para fazer mais como terceiro médio. Saíram alguns jogadores, entraram outros e temos de ser fortes, porque o Belenenses sempre nos causou muitos problemas. Na época passada foi melhor que nós no Jamor, mas em Alvalade fomos superiores, a história foi diferente e é isso que queremos fazer

Apesar de voltar a contar com Nuno Mendes Amorim não revelou se o lateral vai ser titular e desvalorizou ainda o assédio aos principais jogadores como Jovane, Palhinha e Matheus Nunes, afirmando que não faz ideia do que poderá acontecer.

Quanto à possível contratação do guarda-redes, João Virgínia, o treinador do leão não foi conclusivo. "João Virgínia ainda não é do Sporting, só posso dizer que é um jovem com futuro. Temos também o André, que veio para ser o nosso terceiro guarda-redes e o Callai, que é um grande talento, mas ainda tem 16 anos, é muito jovem, não vamos meter pressão e ainda temos o Dário. O Max saiu para o Granada, mas temos uma ideia e vamos ver o que acontece"

O Sporting procura conseguir a terceira vitória seguida no campeonato, depois de ter derrotado Vizela e Braga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG