Futebol

Rúben Amorim: "Tivemos a estrelinha"

Rúben Amorim: "Tivemos a estrelinha"

O treinador do Braga recordou o trabalho dos outros treinadores ao serviço dos minhotos e considerou que os guerreiros tiveram a "estrelinha" na vitória frente ao F. C. Porto, no Dragão.

Rúben Amorim conseguiu, esta sexta-feira, a terceira vitória em outros tantos jogos no comando técnico do Braga. Um triunfo "histórico", já que havia 15 anos que os minhotos não conseguiam sair do Estádio do Dragão com os três pontos. Um resultado que, para o treinador dos guerreiros, contou com a "estrelinha do jogo", já que o F. C. Porto falhou duas grandes penalidades.

"Cada treinador tem as suas qualidades, mas depois é preciso ter a estrelinha. Hoje eu tive a estrelinha, a equipa teve. Claramente tivemos a estrelinha e, nos dois penáltis, no primeiro há mérito do Matheus, depois um azar do Soares. Tivemos um dia bom, correu bem", assumiu o treinador.

Ainda que só tenha somado resultados positivos ao serviço do Braga, Rúben Amorim não vai em euforias e descarta um novo paradigma, enaltecendo o trabalho dos técnicos anteriores.

"Antes de mim o Braga teve outros treinadores e outras fases em que ganhava. Quando jogava no Benfica perdi contra o Braga. Estamos noutro momento. Os jogadores têm de entender que são três vitórias. Se contra o Moreirense correr mal, o que os jogadores têm de ter na cabeça é que volta tudo ao mesmo patamar. No futebol, o que hoje é verdade, amanhã é mentira. É um resultado histórico, importante, mas não é mais importante do que o Moreirense. Os jogadores devem levar isto com naturalidade e preparar o próximo jogo", concluiu.

O F. C. Porto perdeu (1-2), esta sexta-feira, frente ao Braga no Dragão na 17.ª jornada da Liga. Aos seis minutos, Fransérgio inaugurou o marcador. O árbitro auxiliar marcou fora de jogo mas, depois de ver as imagens, Carlos Xistra validou o tento. Ainda na primeira parte, Alex Telles falhou uma grande penalidade. Na segunda metade, foi a vez de Soares falhar um penálti mas, pouco depois, fez o empate. Paulinho, ao minuto 75, selou o resultado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG