Mundial 2022

Rúben Dias avisa: "Não há espaço para se cometer erros"

Rúben Dias avisa: "Não há espaço para se cometer erros"

Na antevisão ao duelo com a Suíça, Rúben Dias, um dos pilares do eixo defensivo da seleção nacional, acredita que "não é preciso mudar muita coisa" tendo em vista a fase a eliminar do Mundial.

"Acabámos de vir da fase de grupos, em que terminámos em primeiro. Não é preciso mudar muita coisa, mas temos de ter a consciência de que é um jogo e nada mais, não há espaço para cometer erros. Estamos prontos", garantiu Rúben Dias, jogador do Manchester City.

Portugal defronta, na terça-feira (19 horas), a Suíça, no último duelo dos oitavos de final do Campeonato do Mundo. A partida terá lugar em Lusail, no Catar.

PUB

À espera de "um jogo de alto nível", Rúben Dias tem uma noção sobre "o que a Suíça traz para o jogo", mas defende que, "acima de tudo, Portugal tem que pensar no que tem para dar".

"Não há favoritos num jogo entre duas equipas com muito valor. Veremos quem sai por cima no final", acredita o central, que espera "um jogo diferente" dos três que a seleção nacional disputou na fase de grupos: "A Suíça, com armas diferentes, irá querer disputar o jogo 50/50. Faz parte da sua identidade".

Rúben Dias é um dos jogadores em risco de exclusão dos quartos de final, caso seja admoestado com um cartão amarelo no jogo entre Portugal e Suíça. "Ninguém quer ficar de fora, mas se tiver de ficar pelo amarelo correto assim o farei. O essencial é não pensar excessivamente nesse assunto", explicou.

Fernando Santos já foi obrigado a mexer por diversas vezes na dupla de centrais, durante o Mundial. "Mudam pequenos detalhes, porque cada jogador é muito bom à sua maneira, mas estamos disponíveis para corresponder, caso seja necessário", disse Rúben Dias, que deixou elogios ao jovem António Silva: "Devido à sua qualidade, a integração tem sido rápida".

Sobre as críticas ao rendimento de Cristiano Ronaldo, até aqui, no Catar, Rúben Dias pediu união. "Em vez de nos dividirmos, devemos juntar-nos para ter essa energia boa entre todos nós", pediu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG