Futebol

Rúben Neves sobre a polémica com Bernardo Silva: "É um absurdo"

Rúben Neves sobre a polémica com Bernardo Silva: "É um absurdo"

Rúben Neves foi, esta quarta-feira, o porta-voz da equipa portuguesa e abordou não só os elogios que recebeu de Pep Guardiola, como também a polémica à volta de Bernardo Silva, acusado de "conduta imprópria" pela federação Inglesa.

Depois da vitória (2-0) do Wolverhampton sobre o Manchester City, Pep Guardiola, treinador dos campeões ingleses, deixou elogios a Rúben Neves. Mas o português não se deixou deslumbrar.

"Não penso nisso, sequer, tento fazer o meu melhor no clube e na Seleção. O que vier irá aparecer com naturalidade. Foco-me ao máximo no meu trabalho. Estamos focados no primeiro jogo, com o Luxemburgo. Vamos defrontar uma equipa que pode ser uma surpresa, extremamente bem organizada, com fio de jogo e não podemos cair no erro de olhar para Luxemburgo e pensar que o jogo vai ser fácil. Uma equipa que já provou que pode causar alguns problemas e estamos 100% focados nesse jogo", começou por dizer.

Questionado sobre a polémica à volta de Bernardo Silva, acusado recentemente pela Federação Inglesa de "conduta imprópria" depois de uma brincadeira com um companheiro de equipa, Rúben Neves foi categórico.

"Acho que é um absurdo. Quem conhece o Bernardo sabe o tipo de pessoa que é, ele é uma pessoa excelente e muito brincalhona. Quando se tem confiança com um amigo como ele tem com o Mendy, ninguém pode ter nada a dizer. O próprio já veio dizer que não tem mal. Todos sabemos que eles têm uma grande relação de amizade e acho que não faz sentido o que se tem passado", atirou.

Recorde-se que Bernardo Silva fez duas publicações nas redes sociais dirigidas a Mendy, com quem já protagonizou momentos de boa disposição - a final da Taça da Liga, em que o defesa beijou Bernardo, foi um deles - e foi acusado de racismo. A Federação Inglesa acusou mesmo o jogador português de conduta imprópria, alegando que os comentários constituíam uma violação agravada dos códigos de conduta, por "incluir referência, expressa ou implícita, à raça e/ou cor e/ou origem étnica".