Taça de Portugal

Rui Borges: "Sofremos um penálti duvidoso mas a vitória do F. C. Porto é mais do que justa"

Rui Borges: "Sofremos um penálti duvidoso mas a vitória do F. C. Porto é mais do que justa"

Após a derrota no Estádio do Dragão, o treinador do Académico de Viseu considerou a vitória do F. C. Porto "justa" e salientou que a equipa beirã controlou "minimamente" o jogo.

"O F. C. Porto teve superioridade na primeira parte e nós estávamos preparados para isso. Sofremos um penálti duvidoso, e tirando mais dois lances, acabámos por controlar minimamente o jogo. Entrámos muito bem no segundo tempo, mais soltos ofensivamente, mas voltamos a sofrer um segundo golo duvidoso. Com isto não quero tirar mérito ao F. C. Porto. Foi superior, teve mais bola, criou mais. É uma vitória mais que justa", começou por dizer Rui Borges.

O Académico de Viseu conseguiu, pela primeira vez na história, assegurar um lugar na meia-final da prova rainha. Mesmo sem conseguir chegar ao Jamor, o técnico destacou o trabalho da equipa.

"Acabou este sonho depois de uma caminhada difícil. Foi fantástico o que fizemos para chegar até aqui. Estou muito orgulhoso do meu grupo de trabalho e da boa imagem que passámos. Mostrámos qualidade e provaram que chegaram aqui com todo o mérito", concluiu.

O F. C. Porto venceu (3-0), esta quarta-feira no Estádio do Dragão, o Ac. Viseu e garantiu um lugar na final da Taça de Portugal. Alex Telles, de grande penalidade, Zé Luís e Sérgio Oliveira marcaram os golos do encontro. No Jamor, os azuis e brancos vão encontrar o Benfica, que na terça-feira eliminou o Famalicão. Dragões e águias encontram-se no Jamor, 16 anos depois, a 24 de maio (domingo), às 17.15 horas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG