Feirense

Rui Ferreira: "Os jogadores tremeram perante uma atmosfera de nível grandioso"

Rui Ferreira: "Os jogadores tremeram perante uma atmosfera de nível grandioso"

No rescaldo da derrota diante do F. C. Porto, o treinador do Feirense, da Liga 2, admitiu que a equipa azul e branca foi "superior do início ao fim" e que os jogadores da equipa de Santa Maria da Feira "tremeram".

«Como grande equipa que foi, o F. C. Porto não nos deu qualquer tipo de hipótese. Não conseguimos sair da teia do F. C. Porto na nossa primeira fase de construção, que nunca existiu, porque, além do mérito do F. C. Porto nos movimentos de a tentar barrar, a qualidade técnica da nossa construção também foi um desastre. Não foi um jogo bem conseguido da nossa parte, longe disso. Levámos isto para o lado das dores de crescimento. O F. C. Porto foi superior de início a fim. Enfiámos a viola ao saco e continuámos o nosso caminho, que é o campeonato. Parabéns ao F. C. Porto que foi muito superior e nós vamos corrigir aquilo que de muito mau fizemos esta noite", começou por dizer Rui Ferreira, que assumiu as responsabilidades pela derrota.

"Nesta noite, o F. C. Porto foi claramente superior, foi uma diferença brutal. Não podemos esconder isso. Há jogadores nos quais temos expectativas muito melhores do que aquilo que mostraram hoje, apostámos muito na evolução deles. Tremeram, não tiveram a personalidade que costumam ter, porquê? Porque estavam perante o F. C. Porto, um estádio cheio de gente, uma atmosfera de nível grandioso para o que estes jogadores estão habituados. Todos erraram, os jogadores erraram mas, seguramente, aquele que errou mais fui eu, fui eu que fiz a equipa e fui eu que vim com um discurso ambicioso e, portanto, se alguém tiver que levar com a crítica, sou eu. Já disse aos jogadores que não fizemos um bom jogo, eles tremeram, mas tenho a certeza que vão dar uma resposta positiva", concluiu.

O F. C. Porto venceu (5-1), este sábado, o Feirense, no Estádio do Dragão, em jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal. Uribe, Otávio, em dose dupla, Evanilson, Vargas e Francisco Conceição marcaram os golos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG