O Jogo ao Vivo

Festejos

Rui Moreira reforça apelo ao civismo em almoço com o líder dos Super Dragões

Rui Moreira reforça apelo ao civismo em almoço com o líder dos Super Dragões

Rui Moreira e o líder da claque do F. C. Porto estiveram juntos durante um almoço na Foz, Porto, durante o qual o presidente da Câmara do Porto apelou ao civismo nos festejos do título de campeão nacional.

Segundo disse Fernando Madureira ao Jornal de Notícias, o autarca pediu distanciamento social e uso de máscara. "Fui almoçar com um amigo em comum e o presidente da Câmara também apareceu. Almoçámos e conversámos sobre a hipotética festa do F. C. Porto. Pediu para haver civismo. Acredito que vai ser uma festa à F. C. Porto, mas com todas as precauções", explicou, ao JN, o líder da claque portista.

À semelhança das outras partidas desde a retoma, os "Super Dragões" vão acompanhar a equipa no percurso desde o hotel onde decorre o estágio, em Espinho, até ao Estádio do Dragão. "Vamos fazer o que temos feito até aqui e demonstrar o nosso apoio", salientou Fernando Madureira.

Já à margem da apresentação da sétima da Feira do Livro do Porto, Rui Moreira disse não ser possível tomar medidas de prevenção em relação a possíveis festejos de adeptos do FC Porto pela conquista do título de futebol, pedindo apenas que se evitam concentrações.

"Isto não são celebrações que têm data marcada. Ao contrário de outros eventos, aqui não sabemos quando vai suceder, em que dia, em que momento. Pode ser hoje, pode ser amanhã, pode ser daqui a uma semana, duas semanas. Não é possível, nesta matéria tomar essas medidas de prevenção", afirmou.

O autarca salientou que, nesta circunstância, não é possível ter o mesmo grau de previsibilidade que houve em outras, reiterando o apelo aos adeptos para que evitem concentrações.

"Já olhei para a minha bola mágica e ela não me responde, não me diz. Da mesma maneira, já liguei várias vezes ao covid e ele nunca me atendeu. Portanto, há coisas que não nos podem pedir para sabermos", defendeu.

Moreira, que na segunda-feira tinha já dirigido uma mensagem em vídeo aos portuenses para que não colocassem em causa o esforço feito até aqui, reconhece que as vitórias em competições desportivas são momentos tradicionalmente festejados nas ruas, contudo, desta vez, isso não poderá suceder, "por razões que não dependem da vontade dos polícias, clubes, adeptos ou organizadores das provas".

"Temos visto que a população tem sabido celebrar momentos muito importantes na cidade e gostaríamos de apelar a todos para que em todos os momentos tenham a contenção necessária para não estragarmos aquilo que, apesar de tudo, e com muito esforço, sacrifício temos conseguido", reiterou o independente, sublinhando que "a situação na região está mais ou menos controlada, mas não está debelada".

Questionado pelos jornalistas, o presidente da Câmara do Porto, Moreira remeteu a decisão de encerramento de artérias da cidade para a Polícia de Segurança Pública.

Outras Notícias