Futebol

Rui Patrício: "Continuo a sofrer com os jogos do Sporting"

Rui Patrício: "Continuo a sofrer com os jogos do Sporting"

A cumprir a primeira temporada fora do Sporting, pois agora representa os ingleses do Wolverhampton, Rui Patrício admite que ainda sofre com os jogos dos leões, apesar de admitir que seria complicado continuar a defender a baliza dos leões após o ataque à academia de Alcochete.

"Depois de tudo o que se passou na academia de Alcochete, era muito difícil continuar no Sporting. Não me ia sentir bem e aquela final da Taça de Portugal diante do Aves acabou por ser o jogo mais complicado da minha carreira", afirmou o internacional português, em declarações ao programa A Tarde é Nossa, na RTP.

"Não saí chateado e continuo a sofrer com os jogos do Sporting, mas agora represento outro clube com muito orgulho", acrescentou Rui Patrício, que faz um balanço positivo da temporada em que foi o habitual titular na baliza do Wolverhampton, equipa orientada por Nuno Espírito Santo e que surpreendeu ao terminar a Premier League no sétimo lugar.

Quanto ao futuro e a um possível regresso ao Sporting, Rui Patrício admite que não sabe se tal irá acontecer.

"Não sei o dia de amanhã. O Sporting é o meu clube e a voltar a Portugal é lógico que o Sporting é a minha casa. Mas não sei o que pode acontecer", disse o guarda-redes que há um ano rescindiu unilateralmente o contrato com o clube verde e branco.