Benfica

Rui Pereira demite-se em desacordo com Vieira

Rui Pereira demite-se em desacordo com Vieira

Rui Pereira, presidente da mesa da Assembleia-Geral do Benfica, pediu a demissão do cargo, em rota de colisão com Luís Filipe Vieira. Em causa está uma assembleia-geral extraordinária marcada para 3 de julho, que terá como ordem de trabalhos discutir a legitimidade das últimas eleições, vencidas pelo atual presidente.

De acordo com o jornal "O Jogo", a assembleia foi solicitada por um conjunto de sócios que se posicionam contra a presidência de Luís Filipe Vieira.

Rui Pereira, que marcou esta assembleia, terá sentido resistência por parte dos elementos ligados a Vieira e no pedido de demissão enviado ao clube explica ter sempre assumido defender os interesses do Benfica e ter garantido o cumprimento dos direitos estatutário dos sócios.

Em carta enviada ao presidente do Conselho Fiscal, à qual a agência Lusa teve acesso, Rui Pereira solicita a sua "substituição imediata", depois de não ter sentido apoio na marcação de uma Assembleia Geral Extraordinária, "requerida por um conjunto de 334 sócios, que cumprem as disposições estatutárias previstas para o efeito e representam 11.060 votos"

"Sempre assumi ser meu dever defender o superior interesse do Benfica e os direitos dos associados, cumprir os estatutos, garantir a solidariedade dos corpos sociais e respeitar a palavra dada. Por verificar que não conto com o necessário apoio dos corpos sociais, e em particular do Presidente e da Direção, para a convocação da reunião extraordinária da Assembleia Geral, concluo que deixei de reunir essas condições, que considero cumulativas e imprescindíveis", escreveu Rui Pereira.

Benfica já reagiu

PUB

O clube encarnado já emitiu uma nota a reagir ao pedido de demissão, na qual "desmente veementemente qualquer oposição à realização da Assembleia Geral Extraordinária solicitada por um grupo de sócios".

"A Direção do Sport Lisboa e Benfica, no cumprimento estrito dos estatutos, dará todo o apoio aos órgãos sociais competentes para procederem à convocatória dessa mesma Assembleia Geral Extraordinária, em observância às diretrizes emanadas pela Direção-Geral da Saúde. E no mais breve prazo possível. A Direção e o seu Presidente desejam as maiores felicidades ao Prof. Doutor Rui Pereira", pode ler-se.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG