O Jogo ao Vivo

SCP

Sá Pinto: "A equipa não se desvia um milímetro do objetivo da Liga Europa"

Sá Pinto: "A equipa não se desvia um milímetro do objetivo da Liga Europa"

A turbulência em face da polémica que envolve os responsáveis do Sporting não influencia, nem atinge o balneário. A imunidade foi assumida, esta quarta-feira, por Sá Pinto, técnico dos leões, que garante total atenção na meia-final da Liga Europa, amanhã, frente ao Atlético de Bilbau.

"A equipa está totalmente concentrada, envolvida e focada neste grande jogo. A formação saberá filtrar todos os fatores adversos e a sua importância. Não se desvia um milímetro do objetivo na Liga Europa", referiu o técnico em Alvalade.

O responsável elogiou a qualidade do adversário"- eliminou Manchester United e Schalke com resultados expressivos - acentuada ainda pela presença de um líder de primeiro plano: Marcel Bielsa.

"Mostravam entrega, disponibilidade física e a mentalidade típica de uma equipa basca. Com Bielsa ganharam uma forma de jogar. Como a Imprensa diz são uma espécie de Barcelona B ou C. Jogam em posse com muito apoio e privilegiam a movimentação ofensiva. Estamos perante um treinador com o qual me identifico e Espanha tem o privilégico de ter três dos melhores do mundo - Mourinho, Guardiola e Bielsa", garantiu.

Apesar da qualidade do oponente, Sá Pinto acredita no seu conjunto: "Se virmos a Imprensa, o Bilbau é uma super-equipa e já está na final. Há que respeitar as opiniões. Mas devemos confiar na nossa qualidade e capacidade. Manter equilíbrio, posições, jogar em verticalidade e revelar atitude competitiva em todos os duelos. Não podemos perder a identidade. Somos o Sporting, um clube com 106 de história, e com uma carreira de respeito. Somos humildes, não menosprezamos ninguém e vamos lutar até final", garantiu.

Por outro lado, o treinador defronta um oponente proveniente de uma região que bem conhece, uma vez que alinhou três temporadas na Real Sociedad e discutiu quatro dérbis bascos sem conhecer o sabor da derrota: venceu dois e empatou noutras duas ocasiões.

"Tenho boas recordações e o ambiente de festa era o que me impressionva mais. O estádio estava cheio com a gente lado a lado que festejava de forma civilizada", referiu.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG