O Jogo ao Vivo

Contas

SAD do F. C. Porto apresenta prejuízo com promessa de lucro

SAD do F. C. Porto apresenta prejuízo com promessa de lucro

Fernando Gomes, administrador da sociedade portista, fala num "enorme insucesso financeiro num ano de grande sucesso desportivo".

A SAD do F. C. Porto apresentou, esta quarta-feira, os resultados do exercício relativo à época 2019/20, marcado pela pandemia, tendo garantido, pela voz do administrador financeiro, Fernando Gomes, que os dragões irão "sair no final da presente época do programa de Fair Play Financeiro da UEFA". Gomes mostrou-se convicto de que a SAD portista irá apresentar, no próximo exercício, "um resultado positivo de 30 milhões de euros".

O prejuízo recorde de 116,6 milhões de euros, agora apresentado, foi justificado com o facto de, "em função da pandemia, as vendas de jogadores efetuadas após o final da época desportiva, a partir de agosto, não terem entrado nas contas do exercício que terminou a 30 de junho". Outro fator decisivo para o resultado muito negativo foi "a não entrada na Liga dos Campeões da temporada passada", que implicou uma perda de receitas na ordem de 70 milhões de euros relativamente ao exercício anterior.

Para além disso, Fernando Gomes lembrou que a SAD azul e branca decidiu "manter o investimento no plantel" no início da época passada, "para não desbaratar" a equipa às ordens de Sérgio Conceição, o que lhe permitiu "lutar pela conquista dos principais títulos nacionais e conseguir a dobradinha".

O ativo da SAD portista é de 300 milhões de euros, enquanto o passivo é de 451,8 milhões.

Outras Notícias