Futebol

Saravia: "Não joguei o que esperava no F. C. Porto"

Saravia: "Não joguei o que esperava no F. C. Porto"

Saravia foi apresentado como reforço no Internacional de Porto Alegre, do Brasil, para onde foi cedido até ao final de 2020 e explicou que a saída se deveu, sobretudo, ao desejo de regressar à seleção argentina.

O argentino Saravia, de 26 anos, chegou no início desta temporada ao F. C. Porto, proveniente do Rancing, num negócio que custou cerca de 5,5 milhões de euros aos cofres dos azuis e brancos. Mas a aventura nos dragões não correu como o desejado já que o lateral direito, que conta com nove internacionalizações pela argentina, disputou apenas seis jogos e nenhum deles na Liga.

Apresentado no Internacional de Porto Alegre, clube brasileiro para onde foi cedido até ao final deste ano, Saravia explicou a saída do F. C. Porto, com quem assinou contrato até 2023, justificando-a com os poucos minutos de jogo e o desejo de regressar à equipa albiceleste.

"Quando cheguei ao F. C. Porto não joguei o que esperava. O meu objetivo é jogar e ter continuidade, então aceitei a mudança. Agora é tratar de ter uma sequência, para voltar à seleção da Argentina, que é muito importante. Vou continuar a trabalhar de forma séria, com intensidade e demonstrar que estou a altura do clube", explicou, garantindo estar em boa forma.

"Treinava no Porto com regularidade e estou bem. Temos uma partida muito importante no fim de semana e vamos pensar nisso primeiro. Agora, com sinceridade, todos sabemos que falam muito do clássico, que é muito importante, um dos mais importantes do Brasil. Precisamos estar preparados. Se puder jogar, vou aproveitar", acrescentou.

No Porto Alegre, o atleta vai ser treinado pelo compatriota Eduardo Coudet, com quem trabalhou e foi campeão argentino no Racing, em 2018/19.

Outras Notícias