Futebol

Seleção feminina perde por 1-0 com as campeãs mundiais dos Estados Unidos

Seleção feminina perde por 1-0 com as campeãs mundiais dos Estados Unidos

A seleção portuguesa de futebol feminino deu na quinta-feira mais uma demonstração da sua evolução enquanto coletivo, ao perder com as campeãs mundiais dos Estados Unidos por apenas 1-0, num particular realizado em Houston.

A formação norte-americana, quatro vezes campeã olímpica (1996, 2004, 2008 e 2012) e outras tantas do Mundo (1991, 1999, 2015 e 2019), atacou e rematou muito mais, mas só conseguiu marcar um golo ao conjunto de Francisco Neto.

Com o fim já à vista, aos 76 minutos, Samantha Mewis foi deixada solta na pequena área, numa das raras falhas da defesa lusa, e não perdoou, cabeceando para fora do alcance de Inês Pereira, depois de um canto na esquerda de Christen Press.

Esse lance foi, na prática, tudo o que separou Portugal da melhor seleção mundial, que dominou o encontro de princípio ao fim, mas teve grandes dificuldades em criar ocasiões claras, face a uma seleção lusa muito compacta e solidária.

A guarda-redes lusa Inês Pereira acabou por ser, ainda assim, a principal figura do encontro, com várias defesas de classe, com as mãos e os pés, nas poucas vezes que as anfitriãs conseguiram ultrapassar o último reduto luso.

Os Estados Unidos estão a preparar a participação nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, onde procuram o quarto ouro nas últimas cinco edições, após o falhanço no Rio2016, enquanto Portugal só volta a jogar a 'sério' na próxima época, em setembro, com o início da qualificação para o Mundial de 2023.

Depois de uma breve fase de 'estudo', os Estados Unidos assumiram, como se esperava, o comando do encontro, mas perante uma equipa portuguesa muito compacta defensivamente e a não deixar as anfitriãs criar ocasiões com facilidade.

PUB

As detentoras do título mundial atacavam muito, mas só tiveram uma grande oportunidade aos 34 minutos, num remate de Christen Press que Inês Pereira defendeu com os pés.

Do outro lado, Portugal tinha muitas dificuldades em criar perigo, limitando-se a um remate 'inofensivo' de Andreia Norton e mais dois ou três ataques sem situações de finalização.

Na defesa, o conjunto de Francisco Neto manteve-se, porém, coeso até ao intervalo, conseguindo segurar o 'nulo' e sem passar por situações muito aflitivas, merecendo destaque apenas um cabeceamento ao lado de Samantha Mewis, aos 45+1 minutos.

No início da segunda parte, aos 55 minutos, Alex Morgan teve uma grande oportunidade, após excelente passe de Megan Rapinoe, mas atirou por cima.

Portugal teve o seu melhor lance aos 61 minutos, num raro remate, de Jéssica Silva, enquanto Rose Lavelle 'ameaçou' aos 70 e Lindsey Horan aos 71, antes de, aos 76, Mewis marcar o único golo do encontro, de cabeça, na resposta a canto de Press.

Na parte final, Portugal atacou mais, em busca da igualdade, mas nunca esteve perto de a conseguir e foram os Estados Unidos que quase chegaram ao segundo, por Lavelle, aos 79, e Carli Lloyd, já muito perto do final, aos 90+4.

Jogo no Estádio BBVA, em Houston.

Estados Unidos - Portugal, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadora:

1-0, Samantha Mewis, 76 minutos.

Equipas:

- Estados Unidos: Alyssa Naeher, Kelley O'Hara (Emily Sonnett, 73), Abby Dahlkemper, Becky Sauerbrunn, Crystal Dunn (Tierna Davidson, 79), Lindsey Horan, Rose Lavelle, Samantha Mewis, Christen Press (Lynn Williams, 89), Alex Morgan (Carli Lloyd, 73) e Megan Rapinoe (Sophia Smith, 73).

(Suplentes: Jane Campbell, Adrianna Franch, Sophia Smith, Lynn Williams, Carli Lloyd, Catarina Macario, Tierna Davidson, Emily Sonnett, Margaret Purce, Kristie Mewis, Andi Sullivan e Alana Cook).

Selecionador: Vlatko Andonovski.

- Portugal: Inês Pereira, Catarina Amado, Carole Costa, Sílvia Rebelo, Joana Marchão (Alícia Correia, 90+2), Dolores Silva, Tatiana Pinto (Andreia Faria, 90+2), Francisca Nazareth (Fátima Pinto, 60), Andreia Norton (Andreia Jacinto, 82), Jéssica Silva (Telma Encarnação, 82) e Diana Silva (Melissa Gomes, 90+2).

(Suplentes: Rute Costa, Bárbara Santos, Mariana Azevedo, Diana Gomes, Alícia Correia, Andreia Jacinto, Fátima Pinto, Beatriz Cameirão, Mélissa Gomes, Lúcia Alves, Andreia Faria e Telma Encarnação).

Selecionador: Francisco Neto.

Árbitra: Danielle Chesky (Estados Unidos).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jéssica Silva (49).

Assistência: Cerca de 20.000 espetadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG