O Jogo ao Vivo

Futebol

Sérgio Conceição: "A palavra certa foi união"

Sérgio Conceição: "A palavra certa foi união"

O treinador do F. C. Porto dedicou o título conquistado esta quarta-feira à família e revelou o que diria ao Sérgio Conceição de janeiro, quando colocou o lugar à disposição.

A equipa azul e branca conquistou o 29.º título nacional depois de vencer o Sporting no Estádio do Dragão e, para Sérgio Conceição, que conquistou o segunco campeonato no comando do F. C. Porto, o segredo esteve na "união".

"A palavra certa foi união, união do grupo de trabalho, dos jogadores, sem dúvida o acreditar num momento difícil. Depois do jogo com o Braga, onde merecíamos outro resultado e ficamos a uma distância considerável do rival, foi fundamental esse acreditar no trabalho, na qualidade dos jogadores e das pessoas que os ajudam", começou por dizer o técnico.

Em janeiro, após a derrota na final da Taça da Liga, Sérgio Conceição deixou o lugar à disposição de Pinto da Costa. Quando questionado o que diria ao treinador em janeiro, foi categórico: "Dizia ao Sérgio 'parabéns, foste igual a ti próprio'. Disse o que tinha a dizer na altura, se há pessoas que não gostam de perder são o nosso presidente e eu. Somos muito competitivos, tivemos muitas dificuldades, época longuíssima. Os jogadores são os grandes obreiros deste título, mas ainda têm outro para ganhar", sublinhou, dedicando ainda o título à família.

"Vamos continuar o trabalho. Considero um dos títulos mais importantes do F. C. Porto, deve-se a todos que trabalharam connosco. Quero dedicar o título à minha família, à minha mulher e aos meus filhos, aos meus pais. Sou eterno apaixonado pela luta difícil que tiveram e travaram para me dar princípios que são muito importantes para ter este espírito", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG