F. C. Porto

Sérgio Conceição aborda queda de adepto em Alvalade e descarta rivalidades

Sérgio Conceição aborda queda de adepto em Alvalade e descarta rivalidades

Treinador do F.C. Porto enalteceu postura humana do seu grupo de trabalho perante incidente que aconteceu no clássico do passado fim de semana frente ao Sporting.

À margem da antevisão do duelo da Liga dos Campeões de quarta-feira, frente ao Atlético de Madrid, Sérgio Conceição foi esta terça-feira questionado sobre o incidente da queda de um adepto do Sporting, no clássico de sábado, e recordou a preocupação dos seus jogadores com o sucedido.

"Conheço o grupo que tenho, e além da qualidade como profissionais são jogadores com uma qualidade humana acima da média. Vi uma preocupação com um adepto rival, mas em momentos como estes não existem rivalidades, existe sim a vida de uma pessoa. Isso é o mais importante", vincou o técnico dos dragões.

Nessa mesma conferência de imprensa esteve Pepe, capitão dos dragões, que sobre o mesmo tema aproveitou para desejar "que tudo esteja bem com o adepto do Sporting" e deixar uma "palavra de força para os seus familiares".

Retomando o tema central da conferência de imprensa, Sérgio Conceição antecipou dificuldades para o duelo com o Atlético de Madrid, num duelo entre dois conjuntos que o técnico classificou de "ambiciosos, determinados, que não viram a cara à luta, e pensam que cada lance pode ser decisivo", mas em que vislumbra diferenças na forma de jogar.

"Nós somos uma equipa mais pressionante na missão defensiva, e eles são mais pacientes. Não estou a dizer que não pressionam, ou que não têm reação à perda, até têm feito vários golos em transição, mas são mais pacientes em bloco médio-baixo. Com bola, também são equipas diferentes", analisou o treinador dos dragões.

PUB

Além de Atlético de Madrid, o grupo do F. C. Porto também integra Liverpool e AC Milan, e Sérgio Conceição fez questão de vincar o poderio destes adversários.

"Nós estivemos numa final da Liga dos Campeões em 2004, e desde então os outros três estiveram, cada uma, duas vezes em finais. Isso mostra o poderio e peso histórico destes clubes. Espero que apesar da diferença de poderio financeiro, consigamos contrapor com a nossa ambição e determinação de vencer", vincou Sérgio Conceição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG