F. C. Porto

Sérgio Conceição: "Árbitro disse-me que me expulsou pela minha cara"

Sérgio Conceição: "Árbitro disse-me que me expulsou pela minha cara"

O F. C. Porto procura amanhã o regresso às vitórias na Liga, mas não conta com Sérgio Conceição no banco, que foi expulso no final da derrota (3-2) com o Paços de Ferreira.

"Foi a semana toda a falar da expulsão e esqueceram-se de dar mérito ao Paços Ferreira e ao Boavista, se calhar a intenção era mesmo essa, e da grande vitória europeia do F. C. Porto. Uma vitória que outras equipas portuguesas não tiveram", disse o treinador do F. C. Porto, Sérgio Conceição, na antevisão à partida com o Portimonense.

"O meu filho disse-me que aquela é a minha cara quando há castigo, mas eu disse-lhe 'mas tu não me expulsas' de casa. No final do jogo, cumprimentei o árbitro e levei amarelo. Queria falar dos descontos e levo o vermelho. A partir daí, é inacreditável, ridículo (...) O árbitro disse-me que expulsou pela minha cara", revelou o treinador do F. C. Porto.

Após a vitória (3-0) sobre o Marselha, na "Champions", os dragões voltam a mudar o chip. "Vamos ver como eles se vão apresentar. Têm sido jogos difíceis. Na época passada, ganhámos 1-0 com um golo do Alex Telles perto do fim".

Paulo Sérgio, técnico do Portimonense, disse que tem faltado alguma malandrice à equipa para alcançar resultados positivos e o JN questionou o técnico portista se esperava um adversário malandro, para além de ter referido que a pontualidade britânica do técnico - iniciou a conferência às 12 horas em ponto - era um bom exemplo para a equipa amanhã entrar em campo, ligada no jogo desde o primeiro minuto.

"Sinceramente, se a equipa for tão fiável como é o JN a dar notícias sobre o F. C. Porto estou descansado. Em relação a entrar ligados, nós entramos sempre ligados".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG