F. C. Porto

Sérgio Conceição considera que Mourinho criou pressão desnecessária

Sérgio Conceição considera que Mourinho criou pressão desnecessária

Treinador do F. C. Porto foi confrontado com as declarações do "Special One", que disse que acreditava que os dragões vão revalidar o título e chegar aos quartos de final da Liga dos Campeões.

Sérgio Conceição não assistiu à recente entrevista de José Mourinho ao Porto Canal mas leu "alguns excertos" e até começou por brincar com o facto de o antigo treinador dos dragões ter dito que a equipa de 2004 tinha capacidade para ganhar à formação atual, embora com algumas dificuldades: "Fiquei na dúvida se ele se referia à equipa técnica, num cinco para cinco no Olival, pois aí tenho a certeza absoluta que ganhávamos. Acho que eu, o Vítor, o Dembelé, o Figueiredo e o Eduardo estamos em melhor forma do que a equipa técnica do Mourinho".

O técnico fez uma pausa e depois completou a ideia: "E dávamos dois de avanço".

Depois, sobre a ideia defendida por Mourinho, que considera que o F. C. Porto tem tudo para ser campeão e avançar para os quartos de final da Champions, afastando a Roma, Conceição mudou o tom: "É criar pressão desnecessária. É a opinião do Mourinho, respeito, mas é fácil falar da solidez que apresentámos na Champions, pois acabámos a fase de grupos sem derrotas. Ainda temos uma longa caminhada pela frente".

Amanhã, os dragões defrontam o Vitória de Guimarães, equipa que triunfou (3-2) no Dragão, na primeira volta: "As equipas estão diferentes desse jogo no Dragão, onde nos faltou equilíbrio defensivo. Não é normal o F. C. Porto sofrer três golos em casa com o Vitória de Guimarães".

O dérbi de Alvalade joga-se antes dos dragões entrarem em campo, mas Conceição não se mostra preocupado com o que possa acontecer no clássico lisboeta: "O resultado que pretendo é a vitória do F. C. Porto em Guimarães. Pela questão da tabela, se o Sporting ganhar, obviamente, ninguém fica chateado por isso. Se disser outra coisa, dizem que sou maluco".

Outros Artigos Recomendados