O Jogo ao Vivo

Futebol

Sérgio Conceição: "Devia ter sido Artur Soares Dias a arbitrar o jogo"

Sérgio Conceição: "Devia ter sido Artur Soares Dias a arbitrar o jogo"

O treinador do F. C. Porto salientou, este sábado, que o empate (0-0) diante do Sporting "tem sabor a derrota" e que o melhor árbitro "estava no VAR".

"Acho que os intervenientes têm de ter caráter, personalidade, tem de haver vontade para querer ganhar o jogo, haver velocidade e intensidade. Nós queríamos verdadeiramente isso. Chegámos aos 90 minutos e houve cinco paragens para substituições, situações em que jogadores ficavam no chão, em que o árbitro ia falar aos bancos. E depois, dão três minutos de descontos. Queríamos jogar, queríamos ganhar e acho que merecíamos, porque criámos situações e tivemos uma atitude muito boa. Para nós, isto é claramente uma derrota, porque tivemos 4 ou 5 ocasiões claras de jogo. O Sporting só teve uma, do Matheus Nunes", começou por dizer Sérgio Conceição, sublinhando que devia ter sido Artur Soares Dias a arbitrar o clássico no Dragão.

"No cômputo geral, acho que este tipo de jogos muito importantes na definição para as contas do título, têm de ter o melhor árbitro. E hoje, o melhor árbitro estava no VAR, que é o Artur Soares Dias. O João Pinheiro também é um bom árbitro, mas neste tipo de jogos tem de estar o melhor. E isto não é uma desculpa, não foi por causa do árbitro que não ganhamos. Mas os intervenientes no jogo devem fazer mais no sentido de promover um futebol mais rápido, com menos paragens", acrescentou o técnico, garantindo ainda que, apesar da distância de dez pontos para a liderança, os dragões não atiraram a toalha ao chão.

"Vão ter que levar connosco até ao fim, faz parte do ADN desta equipa e desta casa. Faltam 13 jogos", concluiu.

Dragões e leões empataram (0-0), este sábado, no Estádio do Dragão, na 21.ª jornada da Liga. Sporting continua invicto no campeonato e mantém-se na liderança com dez pontos de vantagem.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG