Futebol

Sérgio Conceição: "Esta é uma época à Porto"

Sérgio Conceição: "Esta é uma época à Porto"

Treinador dos dragões elogia o trajeto da equipa a mês e meio do final da temporada.

"Quer se queira, quer não, esta é uma época à Porto. Fomos à final da Taça da Liga, que perdemos nos penáltis, estamos na final da Taça de Portugal, estamos a disputar o acesso às meias-finais da Champions e temos os mesmos pontos do Benfica na luta pelo campeonato", afirmou Sérgio Conceição, esta sexta-feira, em Lagos, na antevisão do jogo com o Portimonense.

"Temos de fazer o nosso trabalho, ou seja, ganhar os seis jogos que faltam até ao fim do campeonato, a começar pelo de amanhã. É minha convicção, e da minha equipa técnica, de que, se os ganharmos, poderemos estar felizes no final. Revalidar o título é um objetivo claro. Em maio, fazem-se as contas", acrescentou.

Sobre a partida deste sábado com o Portimonense, no Algarve, o técnico portista afastou qualquer hipótese de poupar jogadores a pensar na segunda mão da eliminatória europeia com o Liverpool, agendada para quarta-feira, no Dragão. "Não há gestão absolutamente nenhuma. Este jogo é fundamental na nossa caminhada. A Liga dos Campeões não conta. O que conta são estes três pontos, muito importantes para o nosso principal objetivo, que é o campeonato", disse.

"Não podemos preparar um jogo a pensar noutro. Se estiver a pensar em dois jogos ao mesmo tempo, nenhum sairá bem. Em Liverpool, mandei lá para dentro toda a artilharia possível, tendo em conta os jogadores que estavam disponíveis, para ganhar o jogo. Agora, o foco é total no Portimonense. Cada vez mais nos aproximamos do final do campeonato e todos os jogos têm o seu peso. Temos de estar preparados para ganhar os nossos e esperar por um deslize do rival", referiu Conceição, dando a entender que ainda não conta com Aboubakar.

"Esteve quase sete meses parado. Estar disponível para a competição, após relatório do departamento médico, é uma coisa, mas ter o ritmo e a capacidade para dar resposta num jogo é outra. Estamos conscientes disso e não queremos queimar nenhuma etapa, até porque sabemos como foi delicada a recuperação dele", sublinhou.