O Jogo ao Vivo

Futebol

Sérgio Conceição explica a ausência de Danilo

Sérgio Conceição explica a ausência de Danilo

No rescaldo da vitória frente ao Vitória de Guimarães, que garantiu ao F. C. Porto um lugar a final da Taça da Liga, Sérgio Conceição justificou a ausência do médio Danilo e deixou-lhe elogios: "Tem sido um jogador à F. C. Porto".

A ausência de Danilo da lista de convocados foi uma surpresa nos azuis e brancos, uma vez que o médio nem constava no boletim clínico. No final do jogo em Braga, Sérgio Conceição explicou a ausência: "O Danilo tem sido um jogador fantástico em termos do que é o espírito de sacrifício. Um jogador à F. C. Porto. Tem jogado com uma limitação grande que ele tem, no joelho, e tem dado tudo à equipa. Não estando a 100 por cento, achei que era melhor não arriscar e descansar. Simplesmente isso", explicou.

Relativamente ao encontro, o treinador dos azuis e brancos garantiu que "não pensou nos penáltis" e que o objetivo era só um: ganhar.

"Entrámos bem e no primeiro tempo tivemos várias situações em que podíamos ter marcado. No segundo tempo não estivemos tão bem, não saímos de forma muito criteriosa e o Vitória esteve melhor. Depois do penálti voltámos a estar por cima do jogo. Conseguimos um resultado importante para estar na final que era o que queríamos. Substituição do Uribe pelo Manafá? Foi para ganhar o jogo. Nem estava a pensar nos penáltis. O Vitória tem uma dinâmica muito interessante na esquerda, com um médio a cair no corredor e com o Davidson e Florent, que são jogadores com qualidade e que promovem trocas. Criaram algumas situações e o Corona podia estar exposto, já tinha amarelo. Não queria isso", afirmou.

O F. C. Porto venceu (2-1), esta quarta-feira, o Vitória de Guimarães em Braga e está na final da Taça da Liga. Os golos surgiram apenas na segunda parte. Primeiro por Tapsoba, de grande penalidade. Alex Telles respondeu de imediato, com um grande golo e Soares selou a reviravolta. Na final de sábado, os azuis e brancos vão medir forças com o Braga.