F. C. Porto

Sérgio Conceição: "Não gosto deste mês de mercado de transferências"

Sérgio Conceição: "Não gosto deste mês de mercado de transferências"

Após o triunfo em Vizela, para a Taça de Portugal (3-1), Sérgio Conceição abordou a exibição da equipa e não deixou de falar do mercado, que tem sido agitado para os dragões.

"Não é fácil preparar o jogo com tantas incertezas, principalmente neste mês terrível. Há muita gente em cima dos jogadores e isso reflete-se no seu desempenho. Não gosto deste mês de mercado, criam-se muitas situações que geram instabilidade", disse o técnico.

Quanto ao encontro em si Conceição reconheceu mérito à equipa vizelense e exigiu ainda mais à sua equipa. "Houve mérito do Vizela por estar sempre em jogo, sempre organizado. São uma equipa muito bem trabalhada que nos causou problemas. Faltavam-lhes alguns jogadores, mas a nós também. Independentemente disso devíamos ter dado uma resposta ainda mais positiva".

O técnico desvalorizou o facto de ter atingido as meias-finais da Taça de Portugal nos últimos cinco anos. "A minha obrigação, enquanto representar este clube, é chegar o mais longe possível em todas as competições", referiu.

A terminar, o treinador do F. C. Porto abordou os casos de Corona e Sérgio Oliveira e revelou que o foco está em recuperar os lesionados. "Corona saiu ao intervalo por precisar de alguém que acelerasse o jogo nos corredores. No plano desportivo nenhum treinador gosta de perder jogadores de peso. É mau para mim, desportivamente, mas tenho de trabalhar com o que tenho. Quanto aos centrais temos de recuperar os que temos, como o Marcano e o Pepe", finalizou Sérgio Conceição.</p>

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG