F. C. Porto

Sérgio Conceição: "O nosso doping são os 40 mil adeptos"

Sérgio Conceição: "O nosso doping são os 40 mil adeptos"

Os dragões iniciam, amanhã, ciclo difícil com receções ao Braga, Benfica e Roma. "Estamos neste jogo da Taça e temos de encontrar soluções para ganhar", diz o técnico portista, Sérgio Conceição.

O F. C. Porto defronta, amanhã, um Braga ferido no orgulho, com duas derrotas consecutivas, e Sérgio Conceição espera dificuldades: "Ouvi para aí um papagaio a dizer que eu digo sempre que os jogos são difíceis e que até dou moral aos adversários, mas os jogos são mesmos difíceis. Este é um deles. As equipas grandes quando perdem querem reagir logo no jogo seguinte e aumentam, se possível, o foco e concentração, e eu considero o Braga uma equipa grande. Cabe-nos encontrar soluções para ganhar o jogo", fez notar Sérgio Conceição, que já conta com Tiquinho Soares após castigo.

A polémica relacionada com o controlo antidoping, depois o Benfica ter sugerido que o mesmo deveria ser feito em todos os jogos de "dragões" e "águias", foi fintada pelo técnico: "O nosso doping são os 40 mil adeptos no Estádio. Isso é que no dá mais uma percentagem, é um motor para ganhar as primeiras e segundas bolas. E não estou a ser puxa-saco, porque não gosto disso, é mesmo assim".

Sérgio Conceição falou ainda sobre o momento de alguns jogadores, entre eles Manafá, que tem sido comparado a Ricardo Pereira, atualmente no Leicester: "Têm semelhanças na velocidade e forma de estar em campo, mas são diferentes noutras situações. Conheço bem o Manafá, conheço bem o pai do Manafá, é de Oliveira do Bairro, e sei que no outro dia ele foi visitar o pai e fiquei contente com isso. É um miúdo humilde e com vontade de aprender".

Outros Artigos Recomendados