F. C. Porto

Sérgio Conceição: "Objetivo cumprido numa fase de grupos difícil"

Sérgio Conceição: "Objetivo cumprido numa fase de grupos difícil"

No final da partida que garantiu ao F. C. Porto a liderança do Grupo G, o treinador Sérgio Conceição reconheceu que faltou "brilhantismo" à exibição da equipa, mas salientou que o objetivo foi "cumprido".

"Objetivo cumprido numa fase de grupos difícil e concluída em primeiro lugar, mas não com o brilhantismo que gostaríamos", começou por referir o técnico azul e branco, enunciando alguns dos erros: "Em termos ofensivos faltou-nos alguma eficácia nestes jogos e no processo defensivo devíamos ser uma equipa mais equilibrada. Valeu pelo espírito, pelo acreditar que a equipa tem. Estávamos a ganhar 2-0, tivemos a possibilidade de matar o jogo numa transição e sofremos dois golos de rajada, o que poderia inibir a equipa. Mas temos jogadores com caráter".

"O Feyenoord queria empatar e tinha a esperança de passar também. Na segunda parte, na construção de jogo estávamos a querer insistir muito mais no corredor central, a verticalizar muito. Em perdas de bola, os nossos laterais estavam expostos. Sofremos algo com isso. Corrigimos, demos essa consistência à equipa. Claramente, com o passar do tempo, no que defini para a segunda parte, podíamos ter aproveitado de outra forma as saídas para o ataque", referiu Sérgio Conceição.

Garantido o apuramento para os 16 avos de final, o treinador dos dragões acredita que a equipa vai "honrar e dignificar a história do clube". "Somos um clube histórico, com peso. Temos de trabalhar algumas situações muito importantes e é uma prova bonita, em que queremos chegar o mais longe possível: e isso é a uma final", apontou Conceição, finalizando: "Não está tudo bem, mas estamos aqui para trabalhar em cima dos erros para tornar a equipa mais forte".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG