Futebol

Sérgio Conceição: "Só há uma pessoa que é verdadeiramente importante"

Sérgio Conceição: "Só há uma pessoa que é verdadeiramente importante"

No rescaldo da vitória frente ao Boavista, no Bessa, Sérgio Conceição considerou a vitória azul e branca "justificadíssima" e deixou uma mensagem: "Aqui não há pessoas intocáveis".

O F. C. Porto venceu, este domingo no Estádio do Bessa, o Boavista na 11.ª jornada da Liga graças a um golo de Alex Telles. Sérgio Conceição deixou elogios ao trabalho da equipa azul e branca.

"Os jogadores trabalharam muito. Conseguimos um resultado positivo num jogo difícil. É uma equipa que joga de forma muito direta e tem jogadores muito combativos e agressivos no jogo. Sabíamos que a equipa do Boavista era competitiva e que tinha perdido a invencibilidade na semana passada com o Vitória de Setúbal. Tivemos mais ocasiões para matar o jogo. Estávamos preparados para as saídas rápidas do Boavista. Foi um jogo maduro e controlado da nossa parte. Foi uma vitória justificadíssima", começou por dizer.

A convocatória deste jogo ficou marcada por uma polémica: Marchesín, Saravia, Uribe e Luis Díaz não entraram nas contas para o jogo por estarem sob alçada disciplinar do F. C. Porto depois de terem estado na festa de aniversário da mulher do médio colombiano até às cinco da manhã, quando o horário do recolher obrigatório dos dragões está estipulado nas 23 horas. Sobre o episódio, Sérgio Conceição nada disse, optando por deixar uma mensagem.

"Eu represento um clube histórico. É uma instituição que está acima de toda a gente. De todas as pessoas que passam no clube, um ou outro não é importante. Na minha opinião, só há uma pessoa que é verdadeiramente importante, que é o nosso presidente. A partir daí, de toda a gente que trabalha no clube, um ou outro vai andando, mas acaba o seu tempo e o seu ciclo e vai embora. E o clube continua forte e ganhador, como tem sido. Não tenho mais nada a comentar. Tenho um plantel que me dá garantias. Conto com todos, já dei provas disso. Independentemente de ter 17 ou 35 anos. O que conta é a competência, o que cada um faz nos treinos e, tendo em conta o profissionalismo e a determinação diária de cada um, escolho o melhor onze em função do jogo e do momento", vincou.

O F. C. Porto venceu (1-0), este domingo, o Boavista no Estádio do Bessa na 11.ª jornada da Liga. Alex Telles, ainda na primeira parte, marcou o único golo do jogo.