F. C. Porto

Sérgio Conceição: "Taça de Portugal é a prioridade"

Sérgio Conceição: "Taça de Portugal é a prioridade"

O treinador do F. C. Porto dá prioridade ao jogo da Taça de Portugal, que pode influenciar a visita, da próxima semana, a Inglaterra, para o duelo da quinta jornada da fase de grupos da Champions.

Em alerta contra eventuais surpresas. É assim que Sérgio Conceição perspetiva o encontro da quarta eliminatória da prova rainha do futebol português.

"Os jogos da Taça... Antes de mais, é uma competição bonita e eu gosto particularmente. Acontecem muitas vezes surpresas, pela motivação das equipas, mas estamos alertados e preparados para isso mesmo, perante adversário com trajeto muito interessante Liga2.

Comparo as melhores equipas desse escalão com algumas da Liga. Cabe-nos contrariar um Feirense com muita motivação, com ideia de jogo bem definida e acho que não a vai mudar por jogar no Dragão", analisou o técnico.

Conceição fez uma análise detalhada ao esquema tático utilizado pelo segundo classificado da Liga 2, apostando que Fábio Espinho deve ser o avançado escolhido pelos fogaceiros e terminou com um momento bem-humorado: "Se me queria fazer um teste para ver se olhamos de forma igual para Feirense ou Liverpool... passei, não passei?".

O duelo da Taça acontece depois de uma paragem de 15 dias para os compromissos das seleções e nas vésperas de um confronto europeu, o que complica a preparação diária: "Olho para uma pausa para as seleções e nunca é fácil preparar o jogo seguinte. Falamos de jogadores que vivem realidade completamente diferentes nas seleções. Alguns jogam, o que é bom, outros não fazem um minuto e a exigência de uma seleção está em patamares diferentes. Essa gestão não é fácil e obriga-nos a utilizar quem preparou o jogo com mais tempo. Depois, olhar para a capacidade ou incapacidade física de alguns jogadores e isso pode condicionar o onze", admitiu.

Mas há uma garantia que Conceição pode dar: "A Taça é a prioridade maior, até porque é o próximo jogo. A gestão tem a ver com o desgaste das viagens, dos jogos. Depois, o duelo com o Liverpool vai ser preparado olhando para este jogo com o Feirense. Não podemos adivinhar o que vai acontecer, mas o foco está neste próximo jogo. Hoje, o Marcano saiu do treino e acho difícil dar contributo. O Pepe também está com dificuldades e Wendell não está a 100%, sobretudo a nível de confiança na recuperação de uma lesão chata".

PUB

O treinador do F. C. Porto comentou a renovação, até 2025, do médio Fábio Vieira e lembrou que a confiança pode ter um papel importante no rendimento de um atleta: "Os jovens, e até os menos jovens, hoje em dia, por muito que se tenha uma mensagem mais forte, na mesma noite, com Fortnight e Playstation, já a perderam. Não me sinto nem mais nem menos feliz com qualquer tipo de renovação, porque nós olhamos para o plano desportivo. Claro que, a nível emocional, os jogadores ficam satisfeitos, mas não posso dizer que fico muito contente por renovar contratos e, na conferência seguinte, dizer que não olho para os contratos. Este ano está cá? Tudo bem, vamos trabalhar com eles. Mas o clube está a fazer um excelente trabalho nesse aspecto e já renovou com vários jogadores".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG