F. C. Porto

Sérgio Conceição: "Vitória justíssima num jogo difícil"

Sérgio Conceição: "Vitória justíssima num jogo difícil"

O treinador Sérgio Conceição considerou justa a vitória do F. C. Porto, esta sexta-feira, na casa do Gil Vicente, por 2-0, que colocou a equipa azul e branca nas meias-finais da Taça de Portugal.

"Foi um jogo difícil pelas condições do tempo também, campo pesado. Entrámos muito bem no jogo, criámos algumas ocasiões para fazer mais golos e ir para o intervalo a vencer por mais que um golo. No segundo tempo, demos um bocadinho de espaço e terreno ao adversário, porque estrategicamente foi definido isso. Continuámos a criar mais algumas situações que se tivéssemos definido melhor e concluído melhor no último terço, poderíamos chegar ao segundo golo mais cedo", analisou o técnico portista.

E prosseguiu: "O Gil Vicente teve uma bola no poste, mas nós sempre a criarmos situações de perigo acabámos por fazer o segundo golo já perto do final. Mas uma vitória justíssima da minha equipa por tudo o que fez no jogo".

"E sobre o próximo adversário, o S. C. Braga, Sérgio Conceição salientou que o F. C. Porto entra em "todas as provas para chegar o mais longe possível, que é a final, e depois disputá-la para a tentar ganhar". "Este ano não foge à regra. Agora é tentar descansar. O terreno estava bastante difícil e muito pesado e segunda-feira já temos um jogo muito importante para nós no campeonato", acrescentou.

"A equipa está bem, foi mais um bom jogo, mais uma eliminatória, passamos às meias-finais da Taça de Portugal, que também é um objetivo do clube conquistar este título. Os jogadores estão de parabéns pelo esforço que fizeram. Não era nada fácil contra uma boa equipa, que é bem orientada, e agora é olhar para a frente e olhar para o campeonato", realçou o treinador azul e branco.

O técnico falou também sobre Corona e Otávio, referindo que os dois jogadores foram substituídos devido a "pequenas mazelas que fazem parte do que é o esforço deles". "São dos jogadores mais utilizados, é normal que possam sentir alguma coisa, mas nada de grave", completou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG