Futebol

Sergio Ramos: "Podiam fazer uma Bola de Ouro só para Ronaldo e Messi"

Sergio Ramos: "Podiam fazer uma Bola de Ouro só para Ronaldo e Messi"

O central do Real Madrid deixou uma proposta para que outros futebolistas também possam ser premiados. Espanhol recordou o momento mais marcante ao serviço do Real Madrid.

Cristiano Ronaldo vs. Messi. Uma "guerra" e hegemonia que dura há mais de uma década nas distinções e que, na semana passada, conheceu um novo capítulo, com o argentino a conquistar a sexta Bola de Ouro da carreira, superando o craque português, que conta com cinco. Ora, para Sergio Ramos, central do Real Madrid, a solução para outros futebolistas serem premiados seria simples: criar um troféu apenas para o argentino e o camisola sete da Juventus, e outro para os restantes.

"Poderiam fazer uma Bola de Ouro só para o Cristiano e para o Messi em função dos resultados. E outro para os restantes, seria melhor para o futebol", disse em entrevista ao canal de televisão TUDN México.

Há 15 épocas ao serviço do Real Madrid, o espanhol de 33 anos recordou ainda o momento mais marcante ao serviço dos merengues. Foi em Lisboa, na final da Liga dos Campeões que colocou frente a frente os merengues e o Atlético de Madrid (4-1). "O golo em Lisboa foi o momento mais marcante a nível pessoal e do clube. Mudou a história, porque permitiu-nos voltar a ganhar a Liga dos Campeões e depois voltar a fazê-lo de forma consecutiva. A forma como o jogo se desenrolou significa muito. As Champions são como os meus filhos, não consigo dizer de quem gosto mais", acrescentou.

Sergio Ramos chegou ao Real Madrid em 2005/2006, depois de uma passagem pelo Sevilha. Já disputou 625 jogos ao serviço dos merengues e marcou 89 golos. Pela seleção espanhola, ultrapassou Iker Casillas e tornou-se no mais internacional de sempre, com 170 duelos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG