Futebol

Sérvia vitoriosa e França e Croácia tropeçam

Sérvia vitoriosa e França e Croácia tropeçam

A Sérvia ganhou esta quarta-feira à República da Irlanda, por 3-2, em Belgrado, no arranque do Grupo A de qualificação para o Mundial2022, numa primeira jornada em que França e Croácia não conseguiram vencer.

Em Belgrado, o extremo Dusan Tadic brilhou ao fazer a assistência para os três golos, primeiro de Vlahovic, aos 40 minutos, e depois do bis do substituto Mitrovic, aos 69 e 75. Browne e Collins marcaram para os irlandeses.

A caminho do Qatar, Portugal prossegue a busca pela oitava presença, sexta consecutiva, num campeonato do mundo no sábado, visitando a capital da Sérvia, e em caso de vitória isola-se no primeiro lugar, único que dá acesso direto à prova.

De folga do grupo, o Luxemburgo foi a Debrecen perder com o anfitrião do Mundial2022, num jogo de preparação que Mohammed Muntari decidiu aos 12 minutos para a formação asiática.

No Grupo D, a campeã do mundo em título França iniciou com o pé esquerdo a campanha rumo a nova fase final, ao empatar a uma bola em Paris com a Ucrânia, após um autogolo de Kimpembe, aos 57, a anular o golaço inaugural de Griezmann, aos 19.

A Bósnia-Herzegovina visitou Helsínquia para empatar a duas bolas com a Finlândia, mantendo tudo igual num grupo em que o Cazaquistão folgou.

Pior que o campeão mundial fez o vice: a Croácia saiu derrotada da visita a Ljubljana, no Grupo H, com Lovric, aos 15 minutos, a dar uma vitória importante aos eslovenos, que contaram com o avançado do S. C. Braga Sporar no "onze", sendo substituído aos 69.

PUB

Também com três pontos, está a Rússia, que foi a Malta vencer por 3-1, enquanto Chipre e Eslováquia não saíram do nulo em Nicósia.

A goleada do dia veio no grupo E, em que a República Checa castigou a Estónia, num jogo disputado em Lublin, na Polónia, embora os anfitriões, os estónios, até tenham marcado primeiro.

Sappinen marcou aos 12 minutos, mas a réplica tardou apenas seis minutos: Schick (18), Barak (27), Soucek (com 'hat-trick' aos 32, 43 e 48) e Jankto (56) ofereceram uma réplica de alto nível, que nem o 6-2 por Anier (86) conseguiu 'beliscar'.

O mesmo cenário em Bruxelas, onde o País de Gales se adiantou por Wilson, aos 10 minutos, mas viu a Bélgica virar, por De Bruyne (26), Thorgan Hazard (28) e Lukaku (de penálti, aos 73).

Sem empates ficou o grupo G, com a Noruega a vencer por claros 3-0 em Gibraltar, num jogo em que entrou em campo com uma mensagem pelos direitos humanos, denunciando o tratamento de trabalhadores migrantes no país anfitrião do Mundial2022, o Qatar.

Antes, no primeiro jogo da qualificação europeia, a Turquia surpreendeu os Países Baixos ao vencer por 4-2, afundando os holandeses, também atrás de Montenegro, que foi a Riga bater a Letónia por 2-1.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG