CAN2021

Seis pessoas morrem esmagadas às portas de estádio camaronês

Seis pessoas morrem esmagadas às portas de estádio camaronês

O jogo desta segunda-feira entre Camarões e Comores, a contar para os oitavos de final da Taça das Nações Africanas, ficou marcada por uma tragédia. Pelo menos seis pessoas morreram esmagadas às portas do estádio de Olembe.

Em mais um duelo da CAN, os Camarões, orientados pelo português António Conceição, venceram (2-1) as Ilhas Comores, que jogaram com dez e um lateral na baliza devido a surto de covid-19 que afetou o plantel, e apuraram-se para os quartos-de-final da CAN. Mas o que parecia ser um momento de festa para a seleção do técnico português, acabou por ficar marcado pela tragédia.

Pouco tempo antes do apito inicial do encontro, que se disputou no estádio de Olembe, pelo menos seis adeptos perderam a vida na sequência de uma debandada e dezenas de pessoas ficaram feridas e tiveram de ser transportadas para o hospital. Segundo a "Sky Sports", o governador camaronês Naseri Paul Biya afirmou que pode haver mais vítimas e fonte oficial do hospital de Messassi garantiu ter recebido pelo menos 40 pessoas "em condições desesperantes". "Tivemos de os transferir para outro hospital", adiantou a enfermeira Olinga Prudence.

Segundo as autoridades, cerca de 50 mil pessoas tentaram entrar no recinto, que tem capacidade para 60 mil pessoas mas cuja lotação foi reduzida para 80% devido à covid-19, e pelo menos seis acabaram por morrer na sequência de uma debandada após as portas terem sido abertas.

Entretanto, a Confederação Africana de Futebol já emitiu um comunicado.

"Estamos a investigar a situação e a tentar ter mais detalhes do que aconteceu. Estamos em constante comunicação com o governo camaronê", pode ler-se.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG