Ténis

Shapovalov cansa-se de esperar e grita: "São todos uns corruptos"

Shapovalov cansa-se de esperar e grita: "São todos uns corruptos"

O jogo dos quartos-de-final do Open da Austrália, que colocou frente a frente, Rafael Nadal e Denis Shapovalov, ficou marcado por um momento de polémica, com o tenista canadiano a acusar o árbitro de estar a beneficiar o rival espanhol.

Tudo aconteceu porque Denis Shapovalov (14.º ranking ATP) ficou farto de esperar que Rafael Nadal (5.º) estivesse pronto para disputar o ponto. O jovem tenista canadiano dirigiu-se ao árbitro do encontro, o brasileiro Carlos Bernardes e, a partir daí, o ambiente subiu de clima.

"Já passou tanto tempo e ele [Nadal] ainda não está pronto para jogar. Tens de lhe chamar à atenção", começou por dizer, mesmo antes de lançar uma acusação: "vocês são todos corruptos!".

Veja o momento:

Já no final do encontro, Shapovalov voltou a tecer duras críticas. "Claro que Nadal recebe tratamento diferente. Demora muito tempo entre os pontos e os sets, por isso demoramos tanto. Como é que podes receber tratamento e ir à casa de banho na mesma paragem? Respeito, mas tem de haver certos limites. Errei ao dizer que são corruptos, mas é injusto ver as vezes que o Rafa escapa destas situações".

Confrontado com as declarações, Rafa Nadal, que avançou para as meias-finais após vencer por 3-2, (6-3, 6-4, 4-6, 3-6 e 6-3), numa partida que durou mais de quatro horas, decidiu não alimentar a polémica.

PUB

"Shapovalov é boa pessoa, muito talentoso, e já tinha dito que tem potencial para ganhar vários Grand Slams. Nunca entrei em polémicas com ele, mas acho que está errado. Ele é jovem e, sem dúvida, quando somos jovens todos cometemos erros. É normal sentir-se frustrado às vezes, porém, quando as horas passarem ele vai perceber que cometeu um erro", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG