Futebol

Show de Courtois dá a 14ª Liga dos Campeões ao Real Madrid

Show de Courtois dá a 14ª Liga dos Campeões ao Real Madrid

Madrilenos venceram o Liverpool por 1-0 com golo de Vinícius Jr.

O Real Madrid está de volta ao topo da Europa. Os "blancos" derrotaram o Liverpool por 1-0, graças a um golo de Vinícius Jr, e conquistaram a 14.ª Liga dos Campeões da história, cimentando-se ainda mais como a equipa com mais "orelhudas". O guarda-redes belga Thibaut Courtois foi uma das grandes figuras da equipa, tendo feito um total de dez defesas e salvando a formação de Carlo Ancelotti várias vezes.

PUB

No primeiro tempo o Liverpool entrou a todo o gás, impondo um ritmo intenso à partida, digno de uma final do calibre da Champions. A equipa orientada por Jurgen Klopp foi a mais rematadora e esteve sempre mais perto do golo, mas o guardião Courtois ia salvando os "blancos". Apesar da investida dos "reds", foi o Real Madrid a introduzir a bola na baliza. Após alguma confusão na área com o guarda-redes Alisson e Konaté, Benzema recebeu a bola na área para finalizar mas, após a revisão do VAR, o lance foi anulado por fora de jogo.

No segundo tempo, a superioridade ofensiva do Liverpool manteve-se e continuou a rondar a área espanhola à procura de uma brecha no espaço defensivo dos madrilenos. A formação de Carlo Ancelotti manteve-se composta defensivamente, muito devido à qualidade de Courtois, que fez defesas bastante exigentes. Bem ao estilo pragmático que caracteriza o técnico italiano, num contra-ataque definido por Valverde, o médio uruguaio encontrou Vinícius Jr sozinho do lado esquerdo para abrir o marcador para o Real Madrid. Foi o 22º golo do brasileiro na época, o quarto na Liga dos Campeões.

Carlo Ancelotti conquistou esta noite a quarta Liga dos Campeões da carreira como treinador. Foi a segunda vez que levantou o troféu ao serviço do Real Madrid, tendo vencido ainda outras duas, com o AC Milan. Como jogador, foi vitorioso também com a formação italiana em duas ocasiões.

Para chegar à final o Real Madrid ultrapassou o PSG, o Chelsea e o Manchester City, tendo protagonizado reviravoltas e jogos de grande emoção para os adeptos. O emblema espanhol volta ao topo do futebol europeu com a conquista da 14º Liga dos Campeões, quatro anos depois de ter levantado o troféu pela última vez, também contra o Liverpool.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG