Desporto

Sidnei diz que Benfica tem que estar "muito forte" para vencer o Sporting

Sidnei diz que Benfica tem que estar "muito forte" para vencer o Sporting

O futebolista do Benfica Sidnei afirmou hoje que a equipa que se dedicar mais ao jogo vai vencer o dérbi de segunda-feira em Alvalade, frisando que o Sporting é um grande equipa que tem que ser respeitada.

"É um clássico onde sabemos as dificuldades que vamos encontrar e temos que ir preparados para um grande jogo. São duas grandes equipas, vai ser um jogo muito disputado e temos que estar muito fortes para conseguir o nosso objectivo. A equipa que se dedicar mais ao jogo vai conseguir a vitória", afirmou.

O defesa central brasileiro, que assegurou a titularidade depois da saída do compatriota David Luiz para o Chelsea, garantiu que a equipa dos campeões nacionais sabe o ambiente "forte e pesado" que vai encontrar no Estádio José de Alvalade, mas salientou que o objectivo é a vitória.

"O Benfica vai a campo sempre em busca da vitória e vamos lá procurar fazer um grande jogo e conseguir os três pontos", assegurou.

Sidnei deixou elogios a Liedson, avançado que em Janeiro trocou o Sporting pelo Corinthians, mas deixou um aviso sobre a qualidade da formação "leonina", mesmo sem o internacional português de origem brasileira: "É uma grande equipa, muito forte e temos que respeitar".

O Benfica, segundo classificado do campeonato a 11 pontos do FC Porto, que tem mais um jogo disputado, apresentação em Alvalade com 12 pontos de vantagem sobre o Sporting.

O defesa brasileiro refere que o bom momento que vem atravessando se deve a uma maior sequência de jogos como titular.

"Sempre trabalhei para poder aproveitar a oportunidade da melhor maneira possível. O meu pensamento é cada vez trabalhar mais para estar a um nível alto e nos jogos dar o meu melhor e ajudar o Benfica a conseguir a vitória. Todos os dias estamos a prender e o pensamento é crescer cada vez mais", concluiu.

Em relação ao treino de hoje do Benfica, o avançado argentino Javier Saviola já regressou ao trabalho sem limitações, depois de na véspera ter estado condicionado devido a uma gastroenterite.

Ausentes continuam César Peixoto, que trabalhou de forma condicionada, e Ruben Amorim, que recupera de uma cirurgia.

O Benfica regressa ao trabalho no domingo, pelas 10:30, no Centro de Estágio do Seixal, numa sessão que vai decorrer à porta fechada.