O Jogo ao Vivo

Futebol

Sparta de Praga-Mónaco interrompido devido a insultos racistas

Sparta de Praga-Mónaco interrompido devido a insultos racistas

O encontro Sparta de Praga-Mónaco (0-2), da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, na capital checa, esteve interrompido esta terça-feira durante três minutos por alegados insultos racistas dirigidos aos franceses.

Na sequência do primeiro golo apontado pelo médio Aurélien Tchouameni, aos 37 minutos, os jogadores monegascos falaram de imediato com o árbitro inglês Michael Oliver para revelar que tinham, aparentemente, sido alvo de insultos racistas por parte dos adeptos checos, enquanto festejavam o golo.

Contudo, após uma conversa entre os jogadores e a equipa de arbitragem, o 'speaker' do Estádio Letná dirigiu-se aos adeptos para apelar ao "espírito de jogo limpo", alertando que, "no caso de reincidência de comportamento racista, a partida pode acabar antes do final".

O jogo foi retomado, mas foi visível a indignação dos jogadores do Mónaco, que fizeram o segundo golo pelos pés do avançado Kevin Volland (59) e contaram com o português Gelson Martins entre os titulares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG