Futebol

Sporting apresenta queixa contra o Alverca por utilização irregular de jogador

Sporting apresenta queixa contra o Alverca por utilização irregular de jogador

O Sporting avançou para uma participação ao Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) contra o Alverca pela utilização de Luan no jogo em que os ribatejanos venceram por 2-0 e que culminou na eliminação dos leões na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

O clube de Alvalade, apurou o JN, alega que o jogador, autor do segundo golo do Alverca, estava suspenso preventivamente depois de ter sido expulso por acumulação de amarelos no jogo anterior ao duelo da prova rainha, frente ao Loures, para o Campeonato de Portugal.

O Regulamento Disciplinar da FPF estabelece no número 10 do artigo 37.º que o atleta estaria sujeito a suspensão automática preventiva em todos os jogos oficiais e dá, assim, razão ao Sporting. Contudo, o número 11 do mesmo artigo remete para o artigo 40.º que prevê que a suspensão seja cumprida na mesma prova em que ocorreu. Assim, Luan, que foi expulso no jogo com o Loures após acumulação de amarelos (45"+6" e 65"), na sétima jornada do Campeonato de Portugal, estaria disponível para o duelo da Taça de Portugal.

O Alverca, do Campeonato de Portugal, venceu o Sporting, por 2-0, e afastou o atual detentor da Taça de Portugal. Alex Apolinário, aos 10 minutos, e Luan, aos 56, foram os autores dos golos que proporcionaram a primeira surpresa da terceira eliminatória.