Moreira de Cónegos

Sporting ataca arbitragem: "Bastou uma sequência de vitórias do Sporting"

Sporting ataca arbitragem: "Bastou uma sequência de vitórias do Sporting"

Depois do confronto com o Moreirense, em Moreira de Cónegos, que terminou sem golos, o Sporting reagiu, em comunicado, com críticas à arbitragem. "Já sabemos que quanto mais fortes estivermos, mais pedras vão colocar no nosso caminho", diz o clube.

Apontando o dedo aos árbitros Tiago Martins e Jorge Sousa (VAR), destacados para o duelo, os leões sublinharam, numa nota, três situações de jogo em que viram erros de arbitragem: a primeira, ao minuto 3, "um pontapé de penálti por marcar sobre Jovane Cabral" que "Tiago Martins e Jorge Sousa não viram"; a segunda, ao minuto 49, uma "falta para segundo cartão amarelo de Abdu Conte" que "Tiago Martins não viu"; e a terceira, já aos 92, uma "falta grosseira sobre Sebastián Coates na área do Moreirense" que "Tiago Martins não vê" e "continua a não ver" mesmo depois de alertado por Jorge Sousa.

"Bastou uma sequência de vitórias do Sporting Clube de Portugal para os árbitros começarem a ter erros inexplicáveis. Já sabemos que quanto mais fortes estivermos, mais pedras vão colocar no nosso caminho. Hoje, foi um desses dias, mas continuaremos a trilhar o nosso rumo e cada vez mais fortes", termina a nota do Sporting, divulgada no site do clube depois do 0-0 de segunda-feira à noite em Moreira de Cónegos.