Andebol

Sporting compromete "quartos" da Liga Europeia ao perder com o Wisla

Sporting compromete "quartos" da Liga Europeia ao perder com o Wisla

Os polacos do Wisla Plock venceram, esta terça-feira, o Sporting, por 29-25, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europeia, comprometendo a passagem aos quartos da equipa portuguesa.

Os quatro golos de desvantagem não são uma barreira intransponível, contudo o Sporting, para vencer por cinco golos, terá de apresentar melhores argumentos, evitando erros técnicos e perdas de bola, e melhor eficácia no encontro agendado para 30 de março às 19.45 horas (horas de Lisboa).

No Pavilhão João Rocha, os leões até entraram mais fortes no jogo e à passagem dos 10 minutos venciam por 5-3, mas foram 'adormecendo' ao ponto de ser necessário um desconto de tempo para acordar a equipa e acertar marcações.

Não que os polacos apresentassem um andebol demasiado forte, nesta fase inicial. Foi, sobretudo, pelas perdas de bola do Sporting junto à área do Wisla Plock, que resultavam em jogadas de contra-ataque e em golo. Motivo pelo qual, aos 18 minutos, os forasteiros se colocaram na condição de vencedores (9-8).

A igualdade ao intervalo (15-15), graças a dois golos de rajada por parte Edmilson Araújo e Pedro Valdés, dava ânimo ao Sporting para a segunda parte, mas o golo de Daniel Adrejew, a abrir, (16-15) não serviu para galvanizar a equipa.

Os comandados de Rui Silva passaram a jogar mais pausadamente, sobretudo para não correr riscos desnecessários e ser apanhados em desequilíbrio. Contudo, a falta de eficácia não ajudou esta estratégia já que os polacos, aos 48 minutos, venciam por três golos (22-19).

Com uma maior mobilidade na troca de bola e posições em cima da linha defensiva do Sporting, o Wisla foi encontrando espaços para, com facilidade, fazer golos na zona de sete metros, nomeadamente graças ao Michal Dasek (sete golos).

PUB

Os dois golos de Edmilson Araújo, aos 24 minutos, ainda colocaram o Sporting no jogo (25-27), mas os 'leões' acabariam por não ter estofo e consentir mais dois golos.

Ficha de jogo:

Jogo realizado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa

Sporting -- Wisla Plock, 25-29

Ao intervalo: 15-15

Sob a arbitragem de Michal Badura (Eslováquia) e Jaroslav Ondogrecula (Eslováquia), as equipas alinharam e marcaram:

Sporting (25): Manuel Gaspar, Pedro Valdés (2), Carlos Ruesga (2), Tiago Rocha (2), Francisco Tavares (5), Jens Schongarth (3) e Tomislav Spruk (1). Jogaram ainda: Matvez Skok, Edmilson Araújo (4), Daniel Adrejew (3), Dmytro Doroshchuk (X), Salvador Salvador (1), Nuno Roque e Joel Ribeiro (2)

Treinador: Rui Silva

Wisla Plock (29): Adam Morawski, Michal Dasek (7), Philip Stenmalm (X), León Susnja (1), Przemyslaw Krajewski (2), Mirsad Terzic e Lovro Mihic (3). Jogaram ainda: Álvaro Sánchez (2), Abel Serdio (2), Zoltan Szita (6), Krysztof Komarzewski, Leonardo Ferreira (1) e Nico Elizaga (5)

Treinador: Xavier Sabate

Marcha do marcador: 2-1 (05 minutos), 5-3 (10), 7-6 (15), 10-9 (20), 11-12 (25), 15-15 (intervalo), 16-15 (35), 18-17 (40), 19-20 (45), 20-23 (50), 25-27 (55) e 25-29 (resultado final)

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG