Taça de Portugal

Sporting de Braga goleia modesto Moitense em dia de festa da Taça no Barreiro

Sporting de Braga goleia modesto Moitense em dia de festa da Taça no Barreiro

O Sporting de Braga assegurou, este domingo, a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal, após cumprir o amplo favoritismo com uma goleada por 5-0, na visita ao Moitense, da I Divisão distrital de Setúbal.

Com seis alterações em relação ao onze que empatou com o Boavista, no último encontro da Liga, o técnico dos bracarenses, Carlos Carvalhal, mexeu em todos os setores, exceto no "tridente" ofensivo, composto por Iuri Medeiros, Galeno e Mário González.

Sinal de que os visitantes não pretendiam facilitar frente a um adversário modesto, que desde 2003 não disputava a prova rainha do futebol português, motivo pelo qual os seus adeptos "invadiram" o Estádio Alfredo da Silva, casa emprestada no Barreiro, com cerca de cinco mil espetadores a lotar a bancada central e a obrigar a PSP a determinar a abertura da bancada superior.

Em ambiente de grande festa, os adeptos do Moitense foram celebrando efusivamente as intervenções defensivas da sua equipa e do guarda-redes Pedro Fortes, que, numa primeira parte de sentido único, adiaram o primeiro golo do Sporting de Braga até aos 40 minutos, quando Mário González, de cabeça, correspondeu da melhor forma a um cruzamento de Yan Couto.

O único lance de perigo do Moitense aconteceu logo a abrir a segunda parte, quando Leonardo Leiró obrigou Tiago Sá a arrojar-se ao relvado e a defender o seu remate para canto, aproveitando a entrada apática dos visitantes nesse período.

Serviu de alerta e os arsenalistas voltaram a instalar-se no meio-campo contrário, acabando por ampliar para 2-0, na sequência de um canto, no qual Mário González desviou no primeiro poste para a entrada vitoriosa de Bruno Bruno Rodrigues (54) no lado oposto.

Com a parte mais difícil resolvida, o Sporting de Braga partiu com tranquilidade em busca de um resultado mais volumoso, e a dupla entrada aos 60 minutos fabricou o 3-0, com Vitinha a aproveitar uma saída em falso do guarda-redes do Moitense, fora da área, para oferecer a Roger (81), de cabeça, o seu primeiro golo pela equipa sénior.

PUB

O dia era de festa e, por isso, os adeptos do Moitense reconheceram e aplaudiram a proeza do jovem, de apenas 15 anos, mas nessa altura, certamente, já não contavam com um resultado tão desnivelado, que se desenhou após Vitinha (83 e 89) aproveitar uma má receção de Pedro Fortes, primeiro, e um ressalto infeliz, depois, que o isolou frente ao guardião da Moita.

Ficha de jogo:

Jogo no Estádio Alfredo da Silva, no Barreiro

Moitense - Sporting de Braga, 0-5

Ao intervalo: 0-1

Marcadores:

0-1, Mario González, 40 minutos; 0-2, Bruno Rodrigues, 54; 0-3, Roger, 81; 0-4, Vitinha, 83; 0-5, Vitinha, 89

Equipas:

Moitense: Pedro Fortes, Rosito Carvalho (Sam Nmoruka, 60), Chainho, Mário Costa, Lampreia, Rafa Matos (Tiaguinho, 74), Gui Marques (David Silva, 68), Laurindo (Tomás Alves, 68), Leonardo Leiró, Patrick e Maia

(Suplentes: Diogo Labêgo, Chainho, Tomás Alves, Martim Varela, David Silva, Tiaguinho e Pedro Reis)

Treinador: David Nogueira

Sporting de Braga: Tiago Sá (Lucas Hornicek, 84), Yan Couto, Tormena, Bruno Rodrigues, Francisco Moura, Lucas Mineiro, André Horta (Roger, 60), Chiquinho, Iuri Medeiros, Galeno e Mario González (Vitinha, 60)

(Suplentes: Lucas Hirnicek, Diogo Leite, Gorby Baptiste, Fabiano, Roger, André Castro e Vitinha)

Treinador: Carlos Carvalhal

Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Mário Costa (57) e Vitinha (90+1)

Assistência: cerca de 5.000 espectadores

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG