Hóquei em Patins

Sporting e Oliveirense empatam e juntam-se a F. C. Porto no topo

Sporting e Oliveirense empatam e juntam-se a F. C. Porto no topo

Oliveirense e Sporting empataram este domingo 4-4, na 18.ª jornada do Nacional de hóquei em patins, um resultado que deixa os leões na liderança do campeonato, em igualdade pontual com os oliveirenses e o F. C. Porto.

Sporting e Oliveirense somam agora os mesmos 43 pontos do F.C. Porto, que perdeu a liderança isolada com o desaire na visita ao Sporting de Tomar, por 4-3.

Os "leões", campeões nacionais, inauguraram o marcador, aos 22 minutos, por intermédio de Ferran Font, mas a Oliveirense respondeu ainda antes do intervalo através de Jorge Silva (24), operando uma reviravolta no segundo tempo, com golos de Marc Torra (27) e Jorge Silva (35).

Os dois golos de desvantagem serviram de tónico para a equipa de Paulo Freitas, que em dois minutos igualaria a partida, com Pedro Gil (36) e o "bis" de Ferran Font (37). A dois minutos do fim, Marc Torra recolocou os locais na frente do marcador e do campeonato, mas o experiente Vítor Hugo voltou a empatar e a colocar os leões no primeiro lugar.

Os primeiros minutos da partida evidenciaram o equilíbrio entre as duas equipas com duas abordagens diferentes. A Oliveirense optava por prolongar os ataques, os leões apostavam nas transições rápidas, com ambas a criar perigo junto à baliza adversária, mas o desacerto impedia o primeiro golo.

Uma perda de bola de Pedro Moreira deixou Ferran Font isolado, que não conseguiu enganar o guarda-redes Xavier Puigbi, mas, no minuto seguinte, o espanhol saiu em transição rápida e serviu Matias Platero, que com um desvio subtil fez a bola passar por cima do guardião e abrir o marcador.

Ainda assim, a vantagem visitante durou apenas dois minutos, porque os locais acabariam por empatar num lance confuso, depois do remate de Xavi Barroso ter sido bloqueado e o ressalto sobrou para Jorge Silva que, junto à baliza, empurrou para o fundo das redes.

No regresso dos balneários, a Oliveirense chegaria à vantagem, numa jogada de paciência de Ricardo Barreiros que aguardou atrás da baliza até Marc Torra se soltar na área, com o espanhol a rematar acertadamente.

Aos 35 minutos, Toni Perez viu o cartão azul, no livre direto Marc Torra não conseguiu enganar Girão, mas, a jogar em vantagem numérica, Jorge Silva apareceu na cara do guardião e aumentou a vantagem, reduzida pouco depois por Pedro Gil, que apareceu isolado na área, deixou cair Puigbi e atirou a contar.

No minuto seguinte, o Sporting chegou ao empate, numa nova jogada rápida de transição, uma boa combinação no lado esquerdo terminou com Ferran Font a desviar para a baliza.

A dois minutos do fim, os locais beneficiaram de um livre direto, a castigar a 10.ª falta dos leões, Girão defendeu o livre de Marc Torra, mas, na recarga, o espanhol levantou por cima do guarda-redes e deu novamente a vantagem à equipa da casa.

A formação lisboeta respondeu de imediato, pressionando à procura do golo do empate, que acabaria por chegar num lance em que Pedro Gil deixou ficar em Vítor Hugo e o avançado, de costas para a baliza, levantou e rematou, surpreendendo Puigbi e alavancando os 'leões' para o primeiro lugar da tabela.