Basquetebol

Sporting regressa aos cestos 24 anos depois e estreia-se com triunfo

Sporting regressa aos cestos 24 anos depois e estreia-se com triunfo

O Sporting regressou oficialmente, este sábado, ao basquetebol com um triunfo expressivo no reduto do Terceira Basket, por 119-58, em encontro da primeira jornada da Liga.

Num jogo sem história, os comandados de Luís Magalhães não deram hipóteses aos açorianos e ao intervalo já venciam por 35 pontos de diferença (64-39).

Os 12 jogadores leoninos marcaram pontos, com Pedro Catarino e Jeremias Manjate a serem os melhores, ambos com 18, enquanto Travante Williams somou 14 pontos e nove ressaltos.

A formação verde e branca não disputava um jogo do campeonato de basquetebol há mais de 24 anos, mais precisamente desde 28 de março de 1995, dia em que perdeu fora com a Oliveirense por 71-61, no quinto jogo dos quartos de final do play-off.

Depois disso, o Sporting promoveu um referendo junto dos adeptos, que tiverem de escolher entre o andebol e o basquetebol, como modalidades profissionais, preferindo a primeira, numa decisão anunciada a 7 de julho de 1995.

Na presente época, e depois de acordo com os clubes da Liga, numa decisão que alargou o campeonato de 12 para 14 equipas, o Sporting está de regresso, com o objetivo de conquistar o nono título, sendo que arrebatou o oitavo em 1981/82.

Em relação aos restantes encontros da ronda inaugural, destaque para as dificuldades do Benfica, que só bateu em casa o Vitória de Guimarães por 78-76, num jogo em que esteve quase sempre a perder.

Um parcial de 16-0, que passou o resultado de 62-72 para 78-72, foi determinante, num embate em que Micah Downs foi o melhor dos encarnados, com 20 pontos, oito assistências e seis ressaltos.

O encontro também ficou marcado pelas expulsões de Arnette Hallman (Benfica) e Coreontae DeBerry (Vitória de Guimarães).

O F. C. Porto também entrou a ganhar, por 93-73, no reduto do Galitos do Barreiro, com 16 pontos e 13 ressaltos de Tanner Grew.