Futebol

Sporting sai em defesa de Bruno Fernandes após imagens do Bessa

Sporting sai em defesa de Bruno Fernandes após imagens do Bessa

O Sporting condena a "disponibilização gratuita e abusiva" de imagens de videovigilância do estádio do Bessa onde se vê a "revolta e frustração" de Bruno Fernandes após a expulsão durante o jogo com o Boavista.

Em causa estão imagens da videovigilância da zona de acesso aos balneários do Estádio do Bessa que foram divulgadas publicamente e nas quais se vê Bruno Fernandes a pontapear e partir duas portas, após ter sido expulso do jogo com o Boavista, por acumulação de cartões amarelos. O jogo, da quinta jornada da Liga, acabou empatado a um golo.

"O Sporting CP condena veementemente a disponibilização gratuita e abusiva de imagens do nosso capitão, internacional português, melhor jogador da Liga nos últimos dois anos e o médio mais goleador da Europa", lê-se numa nota enviada às redações esta sexta-feira à noite.

O clube de Alvalade sai em defesa do seu capitão, acrescentando que "Bruno Fernandes é um símbolo do Sporting CP e já reconheceu o erro, fruto de um momento de revolta e frustração".

Relembrando que "a cedência de imagens de videovigilância é punida por lei", o Sporting considera que "a cedência destas imagens não foi inocente" e adianta que "tudo fará para responsabilizar quem, de forma direta ou indireta, as tornou públicas ilicitamente".