Exclusivo

Suíça põe muita intensidade na organização defensiva

Suíça põe muita intensidade na organização defensiva

A Suíça é uma equipa que funciona muito bem. Em termos coletivos, põe muita intensidade na organização defensiva e o meio campo é muito pressionante, não sendo habitual dar espaços à construção adversária ou a situações de finalização.

Todos os jogadores, até os extremos e avançados, têm um espírito solidário muito grande e em organização defensiva essa coesão faz com que possamos considerar a Suíça uma seleção muito forte. É uma equipa bem preparada e em transição ofensiva, através de ataques rápidos, consegue criar bastante perigo. Porém, estas qualidades também se transformam em debilidades.

A intensidade e a energia dos médios no processo defensivo, a pressionar, é tanta que muitas vezes cria espaços entre linhas. A Suíça joga com uma linha defensiva bem posicionada, mas essa linha não acompanha a pressão dos médios e cria-se muito espaço entre linhas. É por aí que Portugal poderá criar mais situações de perigo. A seleção nacional tem de procurar explorar esses espaços e só depois aproveitar e tentar fazer movimentos de rotura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG