UEFA

Supertaça Europeia apadrinha nova tecnologia de fora de jogo

Supertaça Europeia apadrinha nova tecnologia de fora de jogo

A nova tecnologia de fora de jogo semi-automática, que será utilizada no Mundial 2022, vai ser estreada na Supertaça Europeia, entre Real Madrid e Frankfurt, na próxima quarta-feira, em Helsínquia (Finlândia)

A UEFA anunciou também a utilização desta tecnologia na próxima fase de grupos da Liga dos Campeões, que se inicia em Setembro. "O sistema está pronto para ser usado em jogos oficiais e será implementado na próxima edição da Liga dos Campeões", afirmou Roberto Rosetti, chefe dos árbitros.

A inclusão desta forma de avaliar o fora de jogo não será feito à toa, uma vez que o organismo que lidera o futebol europeu tem realizado testes, desde 2020, nas mais importantes competições futebolísticas da Europa. Este sistema utiliza 12 câmaras que seguem a bola e 29 pontos de deteção no corpo dos jogadores, 50 vezes por segundo. Os 29 pontos que são detetados incluem todos os membros e extremidades que são relevantes para a decisão de fora de jogo, o que permitirá calcular a posição exata dos atletas, durante toda a partida.

PUB

"Este sistema inovador vai permitir às equipas do VAR determinar as posições exatas do jogador na altura do fora de jogo mais rapidamente e de maneira mais precisa. Esta melhoria vai permitir ao jogo ser mais fluído e vai elevar a consistência das decisões tomadas neste capítulo", explica Rossetti.

A necessidade de reduzir o tempo deste tipo de decisões durante o jogo era uma das preocupações da UEFA e da FIFA, bem como do antigo árbitro e agora diretor de arbitragem da FIFA, Pierluigi Collina, que acredita que tem havido uma perda de fluidez no jogo, que poderá ser diminuída com esta ferramenta.

Esta também poderá ser uma forma de responder às dúvidas das adeptos nos lances mais polémicos, uma vez que a intenção é criar imagens 3D dos lances e publicá-las nos ecrãs dos estádios e nas emissões televisivas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG