Taça de Portugal

Taça de Portugal: Favoritos obrigados a horas extra

Taça de Portugal: Favoritos obrigados a horas extra

As equipas mais favoritas que jogaram, este domingo, os "oitavos" da Taça de Portugal seguiram em frente na prova, mas não evitaram um esforço extra e até decisões obtidas na "roleta" dos penáltis.

A Oliveirense (Liga de Honra) acabou com os sonhos do Mirandela (II divisão) através do desempate por pontapés da marca de grande penalidade (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar e o 2-2 no prolongamento.

Da mesma forma, o Nacional da Madeira (Liga) "abateu" o Tirsense (II) no terreno deste (4-3), após o nulo verificado no final dos 90 minutos.

Obrigados a 120 minutos de jogo, o Desportivo das Aves (LH) venceu o Ribeira Brava por 2-1 (1-1 no tempo regulamentar) e a Académica (L) bateu o Leixões (LH) em Matosinhos por 5-2 (2-2).

A eliminatória ficou marcada pelo afastamento do Benfica que, na sexta-feira, foi derrotado pelo Marítimo, no Funchal, por 2-1.

No dia anterior, o Moreirense (LH) venceu o Torreense (II) por 2-1.

No sábado, a Olhanense viu-se obrigada a resolver a passagem no penáltis, vencendo o Estoril por 4-2, após o empate a um golo no tempo regulamentar e a dois no prolongamento.

PUB

Os oitavos de final da Taça de Portugal ficam concluídos, esta segunda-feira, com a realização do Sporting (L) - Belenenses (LH), às 20.15 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG