Judo

Telma Monteiro revela despedimento de treinadora

Telma Monteiro revela despedimento de treinadora

Nas redes sociais, Telma Monteiro denunciou o despedimento da treinadora Ana Hormigo, "por email, no dia antes de a equipa viajar, sem a equipa ou a própria o saberem de forma antecipada", e fala em pressões federativas.

A judoca revelou ainda que teve conhecimento de que "o presidente (da Federação) informou que os atletas que escreveram a carta aberta há uns meses terão esta semana para se retratarem ou serão levados a tribunal".

Em causa está a denúncia de um "clima insustentável e tóxico", em agosto, numa carta assinada pelos judocas Telma Monteiro, Bárbara Timo, Rochele Nunes, Patrícia Sampaio, Catarina Costa, Anri Egutidze e Rodrigo Lopes.

PUB

"No sábado, os treinadores foram informados de que eu, como outros atletas, já não temos verba do projeto olímpico, gerido pela Federação", conta Telma Monteiro, isto num ano em que não compete nem realiza estágios desde julho.

"Este ano, já paguei para realizar estágios internacionais e paguei despesas relativas à minha cirurgia. Agora, pelo que percebi, se quiser cumprir o meu plano desportivo por inteiro, vou ter de pagar também", lamenta a atleta.

Telma Monteiro garante que irá continuar a "representar o país com a mesma vontade e orgulho", mas não poupa nas críticas à Federação, liderada por Jorge Fernandes.

"Com ações destas, a Federação continua a demonstrar o pouco respeito que tem pelos atletas, pelas pessoas e a demonstrar que tipo de gestão desportiva exerce. Já nem somos só nós a dizê-lo, são as ações a demonstrar que tudo o que dizemos é verdade", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG