Open da Austrália

Tenista ganhou aposta com árbitra: estava a jogar infetado com covid-19

Tenista ganhou aposta com árbitra: estava a jogar infetado com covid-19

Bernard Tomic testou positivo à covid-19 depois de ter criticado a falta de testagem no Open da Austrália.

O Open da Austrália continua a dar que falar devido à covid-19. O tenista Bernard Tomic sentiu-se mal durante o encontro de terça-feira contra Roman Safiullin e pôs em causa toda a organização do torneio.

"Tenho a certeza que nos próximos dias vou testar positivo [à covid-19]. Se dentro de três dias não testar positivo, pago-te um jantar. Caso contrário, pagas tu. Eu não acredito, ninguém está a ser testado. Estão a deixar os jogadores entrarem no court com testes rápidos feitos no quarto, não há testes PCR oficiais, é inacreditável", disse Tomic a uma árbitra presente no desafio.

Esta quinta-feira, dois dias depois de ter feito estas declarações, Bernard Tomic venceu a aposta. O australiano testou positivo à covid-19 e referiu ainda se sentir doente. "Sinto-me pior mentalmente do que fisicamente porque estava mesmo motivado para regressar e mostrar ao público australiano que posso ser o jogador de ténis que eles esperam que eu seja. Estou desapontado por este vírus ter impedido que o faça", disse ao "Herald" e "The Age".

PUB

Bernard Tomic perdeu o encontro contra Roman Safiullin e explicou que "não tinha energia para lutar", algo que motivou ainda mais as suspeitas do tenista de que algo estava errado com a sua saúde.

Este episódio surge numa altura em que Novak Djokovic está no centro das atenções. O tenista sérvio apresentou uma isenção médica à chegada à Austrália, que alegadamente comprovava ter estado recentemente infetado com a covid-19. Djokovic nunca confirmou se está ou não vacinado contra a doença e mostrou.se por diversas vezes crítico em relação à vacinação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG